Mensagem poderosa por trás do look deste influencer fez a busca do Google disparar; entenda

Ivan Baron acumula quase meio milhão de seguidores somente no Instagram

Look de Ivan Baron chamou atenção do público na posse presidencial de Lula (Foto: Audrey Luiza/Metamorfose mblt)
Look de Ivan Baron chamou atenção do público na posse presidencial de Lula (Foto: Audrey Luiza/Metamorfose mblt)

Resumo da notícia:

  • Look de Ivan Baron viralizou nas redes sociais

  • Jaqueta usada pelo influencer gerou pico de interesse em sites de busca

  • Internautas pesquisavam sobre o significado do termo "anticapacitista"

Mais uma prova de que a moda é, sim, política. No último domingo (01), o influencer Ivan Baron participou da posse presidencial de Lula, em Brasília, e a roupa que ele vestia rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais e gerou pico de interesse por um termo específico nos sites de busca.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Antes de tudo, para quem ainda não o conhece, Ivan usa o Instagram (onde já acumula quase meio milhão de seguidores) e outras plataformas para levantar bandeiras como inclusão e acessibilidade. E é justamente por isso que o look em questão aqui viralizou.

Explicamos: ao subir a rampa com outros representantes de comunidades marginalizadas, a parte de trás do blazer escolhido pelo influencer deixou em evidência a frase "Parem de nos excluir" e a palavra "anticapacitismo", relacionada especificamente à luta contra a exclusão e ao preconceito envolvendo pessoas com deficiência (capacitismo).

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Internautas, então, ficaram curiosos para saber o significado de "anticapacitista" e começaram a pesquisar sobre. "Fiquei muito feliz em saber disso. E isso aconteceu porque foi dado espaço para que uma pessoa com deficiência mostre sua arte, seu trabalho e sua maneira de se expressar no mundo", comemorou Ivan.

"Chega de roubar nosso protagonismo e cercear nossa liberdade. Teve, sim, uma pessoa com paralisia cerebral subindo a rampa do Planalto", continuou ele, enaltecendo os responsáveis pela produção - Silva Ju e Victor Hugo Soulivier, do Tela Ambulante. "Duas pessoas pretas, da quebrada e LGBTQIAPN+, já que para mim a moda é política e inclusiva", pontuou.