Meghan Markle proíbe Harry de ver o pai, Charles, que está com covid-19

Prince Harry e seu pai, o segundo da linha sucessória, o príncipe Charles (Photo by Keith Mayhew/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

A notícia de que o príncipe Charles, o segundo na linha sucessória britânica, está com o novo coronavírus, o covid-19, caiu como uma bomba na realeza. Longe da Inglaterra desde o começo de março, Harry, seu segundo filho, foi proibido de voltar ao país pela mulher, Meghan.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Segundo informações publicadas pelo jornal ‘Daily Mail’, da Inglaterra, a duquesa de Sussex não concordou com o marido deixar o Canadá “sob nenhuma circunstância”. As restrições também são para qualquer outro destino do mundo neste momento.

Leia também

Aos 71 anos, o anúncio que o príncipe foi infectado com a doença foi feito nesta quarta-feira (25) após o príncipe comunicar primeiro à sua mãe, a rainha Elizabeth II e aos filhos, William e Harry. Ele e a mulher, a duquesa da Cornualia Camila Parker-Bowles, testou negativo e está isolada em uma área do castelo de Balmoral, na Escócia. 

Isolado com a família no Canadá, um amigo do príncipe disse ao jornal que ele está frustrado pela distância. “São pessoas que gostam de tomar atitudes e querem fazer muito mais para ajudar”, disse a fonte. Ela ainda reforçou que o príncipe está em contato direto com a rainha e seu staff, além do pai e do irmão. Vale lembrar que o Canadá é território da coroa britânica.