Meghan Markle diz que remoção de seu nome da certidão de Archie foi determinada pelo Palácio

·1 minuto de leitura
NOVEMBER 25th 2020: Meghan The Duchess of Sussex reveals that she was pregnant with her second child but suffered a miscarriage in July of 2020. - File Photo by: zz/KGC-178/STAR MAX/IPx 2019 9/25/19 Prince Harry The Duke of Sussex and Meghan The Duchess of Sussex and their son Archie visit Cape Town, South Africa.
Meghan Markle diz que remoção de seu nome da certidão de Archie foi determinada pelo Palácio. Foto: Getty Images

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Meghan Markle, 39, disse, por meio de um comunicado nesta segunda (1º), que a remoção dos seus dois primeiros nomes da certidão de nascimento de seu filho, Archie, foi determinada pelo Palácio de Buckingham.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

'"A mudança de nome em documentos públicos em 2019 foi ditada pelo Palácio, conforme confirmado por documentos de altos funcionários do Palácio. Isso não foi solicitado por Meghan, a Duquesa de Sussex, nem pelo Duque de Sussex", diz um porta-voz de Meghan ao Insider.

Leia também

A polêmica começou no sábado (30) após o tabloide The Sun publicar que existiram duas versões da certidão de nascimento de Archie, filho da Duquesa com o príncipe Harry, que veio ao mundo no dia 6 de maio de 2019. Em um primeiro momento, o documento constava os dois primeiros nomes da mãe, Rachel Meghan. Posteriormente, eles foram retirados e deixado apenas "Vossa Alteza Real, a Duquesa de Sussex".

"Sugerir que ela estranhamente gostaria de não ter nome na certidão de nascimento de seu filho ou em qualquer outro documento legal, seria ridículo se não fosse ofensivo", afirma o comunicado.

Segundo Insider, não ficou claro o motivo da mudança ser determinada pelo Palácio. Mas um especialista no assunto ouvido pelo site afirmou que a alteração na certidão de nascimento é uma "prática normal" na realeza.

Procurado pelo Insider, o Palácio de Buckingham não se manifestou sobre o assunto.

Harry e Meghan decidiram, no início de 2020, se afastar da família real britânica e abandonaram seus postos oficiais na realeza. Hoje, eles vivem nos Estados Unidos.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos