Médicos alertam para o risco do enema com café indicado por Gwyneth Paltrow

Reprodução/Flickr Serra Boten

A empresa Goop, de Gwyneth Paltrow, não se cansa de lançar ideias pouco convencionais para “melhorar” certos aspectos da saúde. No ano passado, ela sugeriu que as mulheres colocassem ovos de jade na vagina para aprimorar a vida sexual e agora, um ano depois, a última da empresa é aconselhar que se use um enema caseiro com café.

Leia mais: Governo do Reino Unido se preocupa com o aumento de sexo anal entre jovens

Não, você não leu errado. Para quem não sabe, o enema é um procedimento usado por médicos para realizar a limpeza do cólon, reto e intestinos e no Brasil é conhecido popularmente como xuca. A ação consiste em introduzir um medicamento ou água limpa no ânus e é indicada apenas para casos extremos.

No entanto, Gwyneth resolveu ir além sugerindo que se coloque café no enema realizando, inclusive, a venda desses desse produto com valores que chegam a 125 dólares (cerca de R$ 403). A questão é que não há nenhuma evidência comprovada sobre a eficácia da prática e a maioria dos médicos a condenam.

O fabricante afirma que o procedimento ajuda a aliviar a depressão, tensão nervosa, sintomas de alergia e dor severa, mas tudo isso é desmentido por profissionais da saúde. O enema por si só já não é indicado e deve ser realizado apenas como “último recurso” e se usado com frequência, pode causar desidratação e insuficiência renal.

Leia mais: Paris inaugura primeiro restaurante onde os clientes comem completamente nus

O gastroenterologista inglês Ars Technica descreve o enema com café como um “triunfo da ignorância sobre a ciência” e a Forbes publicou uma matéria que relaciona seu uso a lesões como perfuração retal, queimaduras retais e septicemia.