Médicas e enfermeiras são as nossas verdadeiras influenciadoras

A enfermeira Deny Karesky (Foto: Instagram)

Dentro de casa, tudo parece silencioso e até monótono. Lidamos com o tédio, a ansiedade, o confinamento, e o mundo lá fora parece cada dia mais distante. Ao mesmo tempo, ele não para e o "lá fora" segue repleto de pessoas que precisam sair de casa por um motivo: são médicas e enfermeiras que lutam na linha de frente contra o coronavírus

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Dena Karesky é enfermeira e, no ultimo mês, publicou no Instagram uma foto do rosto marcado pelo uso de máscaras enquanto trabalha na UTI de pacientes com COVID-19 em estado grave.

"Na UTI de COVID, eu recebo uma máscara, que vai em um saco de papel marrom ao final do plantão e é reutilizada no começo do próximo. Mesma cobertura para cabelos e sapatos durante todo o plantão. Entro e saio de quartos de pacientes positivos para COVID 3 ou 4 vezes a cada plantão de 12 horas. Limpar a viseira de proteção para usá-la de novo no próximo plantão", escreveu ela. 

Dena continua, dizendo que existem conversas sobre os profissionais de saúde continuarem usando as mesmas proteções depois que foram utilizadas em quartos com pacientes positivos ou ambientes de contato com o vírus, e que tem sido percebido como pacientes ainda testam positivo para a doença e podem ser contagiosos mesmo depois do isolamento mandatório de 14 dias. 

Leia também

"Eu estou emotiva. Eu estou irritada. Eu estou incomodada. E eu estou exausta. Mas mesmo com tudo isso, tem sido uma honra cuidar dessa população de pacientes no seu momento mais vulnerável. Enquanto cada plantão tem os seus desafios, eu me sinto grata pelas oportunidades que cada dia de trabalho traz". 

Com isso em mente, não é sem motivo que a edição mexicana da revista 'Marie Claire' colocou na capa uma mulher com roupas de proteção médica e o rosto machucado - marcas do uso dos equipamentos de proteção obrigatórios. Com a chamada "As verdadeiras influenciadoras", a publicação traz histórias de mulheres na linha de frente. Publicada na terça-feira (28), nas redes sociais, a foto já angaria mais de 5 mil e 700 likes e 170 comentários. 

Desde a polêmica com a influenciadora brasileira Gabriela Pugliesi, muito se tem pensado sobre o papel desses profissionais online. Porém, curiosamente, as pessoas que têm ganhado maior visibilidade são aqueles que tem atuado diretamente no dia a dia da doença e tem incentivado as pessoas, mais do que nunca, a ficarem em casa. 

Vale lembrar que o Brasil bateu recorde de mortes por coronavírus nas últimas 24 horas, superando a China em números de mortos registrados pela doença. Enquanto a briga política continua, são esses profissionais que têm mostrado, nas redes, como tem sido lidar com o número de casos e a necessidade dos cuidados básico - como o isolamento social - para garantir a segurança da maior parte da população.