Médica interrompe o próprio parto para ajudar uma paciente prestes a dar à luz

Reprodução/Facebook Dr. Hala Sabry

O mundo precisa de mais pessoas como a Dra. Amanda Hess, uma obstetra que trabalha em Kentucky, nos Estados Unidos. Enquanto se preparava para dar à luz, a médica ouviu no corredor do hospital a movimentação das enfermeiras para realizar um outro parto.

Ao ouvir os gritos da outra mamãe, Amanda reconheceu a voz e percebeu que era a mulher com quem tinha se encontrado há algumas semanas, antes da sua última consulta pré-natal. Ela não pensou duas vezes e foi até a paciente para ajudá-la.

“Eu só coloquei outra camisola para cobrir as minhas costas e calcei botas sobre os meus sapatos, para manter qualquer tipo de fluído no meu corpo, e fui até o quarto dela“, contou Amanda a um canal de TV local.

A outra mamãe era Leah Halliday-Johnson, que chegou ao hospital com um centímetro de dilatação e em apenas uma hora, seu bebê estava pronto para nascer. O médico responsável pelo plantão não havia retornado de seu intervalo, o que fez a presença de Amanda de grande ajuda.

Leah nem imaginou que Amanda também estava prestes a dar à luz e achou que fosse apenas outra integrante da equipe do plantão. “É reconfortante saber que existem mulheres cuidando de outras mulheres. Ela fez com que eu me sentisse bem sobre a vida“, emocionou-se. Poucas horas após ajudar Leah, Amanda trouxe ao mundo Joyce, sua segunda filha. A história foi compartilhada no Facebook e já conta com mais de 11 mil interações.