MC Carol lamenta morte de MC Kevin e faz alerta: "A gente se perde na grana e na fama"

·2 minuto de leitura
MC Carol falou sobre a morte de MC Kevin
MC Carol falou sobre a morte de MC Kevin

Em uma série de posts no Twitter, MC Carol falou sobre a morte de MC Kevin e lamentou que problemas com a fama tenham levado o funkeiro ainda tão jovem. MC Kevin morreu aos 23 anos após cair da varanda de um hotel no Rio de Janeiro. A Polícia Civil ainda não apurou todos os detalhes do caso, e a família do funkeiro se envolveu em uma confusão no DP da Barra da Tijuca durante depoimento.

"A maioria dos artistas são deprimidos, depressivos, especialmente os funkeiros. Somos jovens, pretos, que não tínhamos NADA (literalmente e figurativamente) até ontem. Um dia, a gente está na rua sentado, contando as moedas pra comprar um saquinho de arroz, sendo humilhado demais, desprezado diariamente. Sem ninguém, perdido, olhando pro mar, gritando por dentro, desejando a morte. No outro dia, somos amados por todos, somos grandes... as pessoas se interessam pelas nossas histórias, nosso passado, somos vistos e ouvidos", escreveu.

Leia também:

Carol também explicou que precisou de muito acompanhamento psicológico para não seguir o mesmo caminho. "Temos dinheiro, carro, mulheres/homens, amigos, várias pessoas ao nosso redor. O que a gente deseja comer e beber, a gente manda buscar. Somos convidados para almoços, natais, festas etc... ganhamos presentes sem ser aniversário, as pessoas pedem foto... E é aí, que a gente se perde! A gente tenta comprar com dinheiro, o que a gente nunca teve. A gente sente que a nossa solidão é igual antes. Talvez até mais profunda!", completou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O laudo da Polícia ainda não determinou exatamente o que causou a queda de Kevin. A mãe do funkeiro, Valquiria Nascimento, mencionou que o filho estava passando por momentos difíceis em meio à fama. "O Kevin sempre foi um menino muito intenso. Ele tinha hiperatividade. Não é só o Kevin, esses meninos artistas que não tinham nada e hoje têm tudo É muito difícil pra eles lidar com fama, com dinheiro, com a vida que eles tinham e com o que eles têm agora. Eu sempre falei pra ele: 'filho, precisa passar num psicólogo'", lamentou.