Mayra Cardi chora ao falar sobre caso de jovem que acusa empresário de abuso

·3 minuto de leitura
***ARQUIVO*** SAO PAULO, SP, BRASIL, 29/04/2017 - Mayra Cardi. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)
***ARQUIVO*** SAO PAULO, SP, BRASIL, 29/04/2017 - Mayra Cardi. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A influenciadora digital Mayra Cardi, 37, voltou ao Instagram nesta quinta (31) para comentar o caso da jovem Pétala Barreiros, 21, que acusou o ex-parceiro, o empresário Marcos Araújo, de diversos abusos ao longo do relacionamento dos dois.

Mayra, que havia anunciado a seus seguidores que só voltaria às redes sociais em 2021, disse que estava em um momento feliz, de reconexão consigo mesma, mas que não poderia ignorar o caso. Chorando, a influenciadora se solidarizou com Pétala e disse que a jovem, depois de expor os abusos na internet, está recebendo ameaças.

Marcos Araújo é dono da Audiomix, empresa que gerencia a carreira de artistas como Gusttavo Lima e Matheus e Kauan. Atualmente, ele namora a apresentadora Lívia Andrade.

Pétala, que teve dois filhos com o empresário (um deles tem um mês de vida), o acusa de tê-la estuprado quando ela tinha apenas 14 anos. Além disso, a jovem afirma que Marcos a agrediu fisicamente mais de uma vez e que ele não permitia que ela trabalhasse ou estudasse durante o relacionamento.

"Relacionamento abusivo é uma coisa muito séria. Existem níveis de relacionamento abusivo, níveis de relacionamento abusivo psicológicos, físicos, o dela especificamente é todo tipo de relacionamento abusivo que existe. Não preciso dizer para vocês porque obviamente a dor dela é a minha dor, obviamente que nem se compara o que ela viveu com o que eu vivi", disse Mayra no seu Instagram Stories.

Neste ano, a coach e empresária se separou de Arthur Aguiar, 31, e expôs que o ex-marido tinha um comportamento abusivo, que incluiu dezenas de traições durante o casamento. Os dois têm juntos uma filha, Sophia, 2. O ator pediu perdão à ex-mulher.

"Por isso, estou sofrendo tanto, porque imagino o que essa mulher está vivendo com um bebê que acabou de nascer, tem 30 dias. Ela não está conseguindo nem viver o puerpério dela", afirmou.

Mayra também disse que o Brasil não tem estrutura para acolher as mulheres, que estão inseridas dentro de um universo machista. "Nós, mulheres, vamos falar. Não vamos mais nos calar. A gente passou todos esses anos caladas. Por isso que a gente chegou aonde a gente chegou. Chega!", afirmou ela.

Por fim, a influenciadora pediu perdão por ter se exaltado durante o desabafo e mandou um recado a Marcos. "A gente não está aqui para te queimar vivo, a gente está aqui para gritar que ainda há tempo de você virar gente, ensinar a seus filhos como é que se pede desculpa e tem vergonha do que fez. Vira gente, dá tempo, ainda neste ano."

Em seu perfil no Instagram, Marcos Araújo se defende das acusações de Pétala. Nesta quarta (30), o empresário publicou fotos que mostram comprovantes de pagamento de pensão, mensalidades escolares e de plano de saúde.

"Sempre prezei pela discrição e não gosto de expor a minha vida pessoal. Mas primo pela transparência e justiça. Não é justo ver tudo e qualquer tipo de exposição mentirosa e equivocada. Não é justo diante dos meus filhos, para quem ofereço e proporciono tudo com amor. Arco com minhas responsabilidades como pensão além de moradia, escola, plano de saúde para as mães e meus filhos. Caso haja interesse, procurem a minha assessoria jurídica, eles podem comprovar todos os outros boletos e contas pagas. Calúnia e outras questões estão sendo resolvidas na justiça. Lamento esse tipo de exposição", escreveu em seu perfil.

Procurado pela reportagem, Araújo não se manifestou até a conclusão deste texto.