Mayra Cardi é proibida na justiça de falar nome de Arthur Aguiar: “Quem deve, teme”

Patrick Monteiro
·2 minuto de leitura
Mayra não pode mais falar o nome de Arthur Aguiar, seu ex-marido (Reprodução / Instagram @mayracardi)
Mayra não pode mais falar o nome de Arthur Aguiar, seu ex-marido (Reprodução / Instagram @mayracardi)

Mayra Cardi recebeu a determinação judicial que a impede de falar o nome do ex-marido, Arthur Aguiar, e assuntos relativos à conturbada separação deles. A ação foi movida pelo cantor.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

“Antes de comentar sobre o que não pode mais ser dito, queria comentar sobre o que já foi falado. Até agora, tudo o que eu falei sobre o assunto relacionado à minha separação e às diversas traições foi comprovado: cada afirmação minha foi, primeiramente, verificada para saber a origem da informação antes de divulgá-la. Tenho relatos, prints e depoimentos de pessoas que contaram o que aconteceu. Eu sempre tomei o cuidado de não sair falando qualquer coisa” disse a empresária em nota ao colunista Leo Dias.

Leia também

A decisão já havia sido noticiada pelo colunista Erlan Bastos na última semana, mas a influenciadora não havia sido notificada ainda. “Tudo o que eu disse até agora foram fatos e episódios que realmente aconteceram, e que até o presente momento não foram desmentidos. Pelo contrário, todos foram confirmados, inclusive pela ‘parte autora das traições’ — já que não posso falar nomes”, alfinetou.

Mayra ainda comentou o fato de ser proibida de falar sobre ele e fatos da própria vida. “É natural que se queira me proibir de falar: quem deve, teme. É um padrão desse tipo de pessoa, principalmente quando são pegas: se não conseguem desmentir, a única opção é tentar silenciar. Contra fatos, não há argumentos”, ressaltou.

Cardi ainda ressalta que vai cumprir a determinação e esclarecer o que precisar ser esclarecido na justiça. Ela já havia revelado ter descoberto mais de 50 amantes de Arthur durante os três anos que eles estiveram casados. Que até pagou as contas geradas por estas traições, algumas em dólar.