Max Fercondini vive no mar há cinco anos e não quer voltar para TV tão cedo: "Estou realizado"

"Como é que alguém que trabalhava em televisão, em uma carreira bastante promissora, resolve abandonar esse barco e seguir nas aventuras?". Max Fercondini externa a dúvida que muitas ainda têm. O galã se afastou das telinhas em 2014, quando foi desligado da TV Globo e, desde então, precisou se reinventar. "Me vi sem chão, em uma situação onde eu tinha que fazer algo que fosse diferente para poder continuar em destaque ou me realizando profissionalmente também", comenta para o Yahoo Entrevista.

A virada de chave na vida de Max veio quando ele colocou seus projetos pessoais à frente dos profissionais. O mais interessante? Seus desejos sempre tiveram ligados a aventuras, viagens, expedições, água e ar. Não à toa o artista se lançou logo no primeiro desafio: sobrevoar todo o Brasil. "Acabou virando um programa na TV Globo, que passou aos sábados pela manhã no 'Como Será'?. Foi determinante ali para mim, inclusive porque foi uma expedição que teve o seu sucesso na televisão também. A audiência foi muito boa e, a partir dali, eu vi que eu podia seguir nessa vida de aventuras", acrescenta.

Já tem cinco anos que eu vivo a bordo do meu veleiro. Sou suspeito para falar, porque eu gosto muito mesmo. Me adaptei a essa vida no mar. Tanto que meu novo livro se chama 'Mar Calmo Não Faz Bom Marinheiro'.Max Fercondini

Sobre o passado, Max prefere nem pensar. Para ele, não há como comparar felicidade e, mesmo que tenha curtido o tempo na TV, hoje se sente realizado de uma forma diferente. "Eu estou vivendo o melhor personagem que eu podia viver, que é meu personagem, o protagonista da minha história, enfrentando os seus próprios desafios. Sou muito grato pelo tempo que eu fui ator, que eu trabalhei na televisão, mas não me vejo voltar a atuar tão em breve assim", pontua.