Masked Singer Brasil arrisca novo formato em segunda temporada e solta spoiler

A segunda temporada do "Masked Singer Brasil" estreia no dia 23 de janeiro, e a Globo divulgou uma pequena mudança de formato em um vídeo oficial da atração. A partir de agora, participantes podem competir em pares, caso da dupla Lampião e Maria Bonita.

Por enquanto, além da dupla, a emissora divulgou que os mascarados da edição usarão fantasias de abacaxi, bebê, borboleta, boto, camaleão, caranguejo, coxinha, dragão, motoqueira, pavão, rosa, robô e ursa. O reality musical coloca famosos fantasiados cantando clássicos da música brasileira e internacional, enquanto jurados e público tentam adivinhar as identidades dos mascarados.

Cotas de patrocínio

Com o sucesso da primeira temporada de "Masked Singer Brasil" no Brasil, a Globo venderá mais seis cotas de patrocínio para o programa, totalizando em um lucro de mais de R$100 milhões.

De acordo com o Notícias da TV, a mais cara cota de patrocínio do programa é a "anfitrião", que custa cerca de R$25 milhões e deixa o patrocinador com anúncios na TV aberta, por assinatura e digital, além de aparições na entrevista com o eliminado durante o "Encontro" com Fátima Bernardes. O programa foi um sucesso de audiência com média de 21 pontos no Ibope na Grande São Paulo e 30 pontos de pico na final da atração.

O formato de tentar adivinhar os participantes agradou o público e trouxe engajamento para a emissora, já que as redes sociais bombaram durante os primeiros episódios com tentativas dos fãs de adivinhar quem eram os cantores mascarados. Mesmo quando o mistério se foi e o público já imaginava quem eram os participantes, as apresentações continuaram garantindo bons números de audiência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos