Marvel: de "Vingadores" a "Pantera Negra", 10 vezes que o estúdio trouxe representatividade







Marvel: 10 vezes que o estúdio deu um show de representatividade
Marvel: 10 vezes que o estúdio deu um show de representatividade - Reprodução, Marvel Studios

O universo da Marvel é pioneiro de várias formas e não seria diferente na hora de incluir minorias no projeto. O MCU foi responsável por trazer mais atores pretos como super-heróis, além de dar destaques a outras raças, sexualidades e histórias.

A gente sabe que também existem polêmicas graves, como casos de whitewashing, porém, a empresa está cada vez mais empenhada com a diversidade, como prova a nova ação "O Poder é Nosso", exclusiva da Disney Brasil, com objetivo de dar mais destaques a profissionais negros.

Para entrar no clima da iniciativa, separamos 10 vezes que a Marvel deu um show de representatividade e inclusão! Confira.

1. "Pantera Negra"

Foi em "Pantera Negra" (2018) que o público ouviu pela primeira vez a icônica frase "Wakanda Para Sempre". Além da grande representatividade ao apresentar um herói protagonista negro (Chadwick Boseman), o famoso "grito de guerra" expressa a proteção pelo seu povo, e reforça a diversidade de culturas e raças.

2. "Demolidor"

Vamos começar a lista com um super-herói que entrega uma série de momentos que percorrem inclusão e acessibilidade: o Demolidor. Durante o dia, Matt Murdock (Charlie Cox) é apenas um advogado "comum", com deficiência visual, mas durante a noite usa os seus sentidos como justiceiro em uma das primeiras séries da Marvel Studios já feitas com fortes cenas de luta que mostram ao público que as suas habilidades vão além da...

Leia +


Leia +

"Pantera Negra": Marvel faz seu maior acerto com herói politizado e representatividade inédita
"Pantera Negra 2": Daniel Kaluuya não retorna para sequência da Marvel
"Pantera Negra 2": Marvel revela planos com Chadwick Boseman antes de sua morte