Marvel destaca retorno de Darkhawk com poderes que surpreendem Miles Morales

·2 min de leitura

O Universo Marvel é repleto de heróis dos mais variados tipos, e que às vezes acabam sumindo durante anos para voltarem em uma nova versão, com uma nova identidade secreta. Esse é o caso do atual Falcão de Aço (mais conhecido no Brasil como Darkhawk mesmo, embora em um nicho limitado, porque nunca foi muito publicado por aqui), que está confuso após ser salvo por Miles Morales, um dos sucessores de Peter Parker como Homem-Aranha.

Aviso: Spoilers a seguir!

Connor Young, um atleta de basquete, por um acaso do destino encontrou um Amuleto de Rapina, que permite que ele transfira sua consciência para uma armadura do império Shi’ar conhecida como o Falcão de Aço. Suas aventuras estão sendo narradas na minissérie Darkhawk.

E, após ser resgatado por Miles na terceira edição da saga, Connor descobre uma nova habilidade bem interessante do Amuleto de Rapina.

<em>Prévia de Darkhawk #4 mostrando conversa entre o Falcão de Aço e Miles Morales (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)</em>
Prévia de Darkhawk #4 mostrando conversa entre o Falcão de Aço e Miles Morales (Imagem: Reprodução/Marvel Comics)

Na prévia de Darkhawk #4, com roteiros de Kyle Higgins e arte de Juanan Ramírez, Miles está acordando Connor, que, ao ver que o Homem-Aranha está de seu lado, remove seu capacete e revela sua identidade secreta para o jovem herói.

Enquanto Connor remove o capacete, sua mão, que na última edição havia sido decepada, é restaurada, mostrando que o herói regenera seus danos ao mudar entre a forma humana e Shi'ar. Miles, surpreso, tanto com a regeneração quanto a identidade do Falcão de Aço, oferece-se para pagar um lanche ao colega.

Um herói sofredor

Desde que se tornou o novo Falcão de Aço da Marvel, a vida de Connor Young não tem sido fácil. Ele recentemente descobriu que seu melhor amigo, Derek, foi coagido a entrar em uma gangue de criminosos, o que fez com que os colegas tivessem que lutar um contra o outro.

Após o confronto, Derek foi convencido do erro de entrar no crime, e acabou morto por seus superiores. Ao mesmo tempo, para completar a tragédia na vida do jovem herói, Connor descobriu que o Amuleto de Rapina que permite ele transferir sua consciência para o Falcão de Aço pode estar acelerando a sua esclerose múltipla, fazendo com que sua vida fora do vigilantismo esteja em risco.

A minissérie Darkhawk será composta, no total, cinco edições. O número quatro será lançado no começo de dezembro nos EUA, e pelo que vimos na prévia, com certeza fará Connor passar por poucas e boas até chegar no gancho para a conclusão, com lançamento previsto para janeiro. Com tudo isso, só podemos torcer para que o jovem herói consiga encontrar momentos de paz no meio de todo esse caos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos