Schmütz rebate Pugliesi e critica famosos que fizeram "dancinha" após a morte de Paulo Gustavo

·1 minuto de leitura
Samanta não
Samanta não "passou pano" para os famosos (Foto: Reprodução/Instagram)

Samantha Schmütz não aprovou o comportamento de alguns famosos, amigos de Paulo Gustavo, após a morte do artista, que partiu no dia 4 de maio, em decorrência de complicações da Covid-19. A atriz se incomodou com quem continuou "levando a vida normalmente" e considerou um desrespeito as "dancinhas" feitas no Tik Tok.

A opinião da comediante foi dada após uma seguidora criticar Bruna Marquezine e Deborah Secco. "A Bruna Marquezine, um monte de gente tá fazendo dancinha no TikTok, um monte de amigos dele está vivendo normal. Até a Deborah Secco, que foi a última a viajar com ele antes dele internar, está fazendo Stories e dancinha também. É lamentável isso, use sua voz, Samantha", pediu a internauta.

Leia também

Samanta curtiu a postagem e concordou nos comentários. "Nem me fale...", escreveu. Antes disso, ela já havia gravado um vídeo sobre o assunto. "Não adianta a gente usar a nossa voz para fazer dancinha de TikTok. Não sei se dá para fazer revolução por aqui [nas redes sociais], mas é a maneira que a gente tem de se comunicar, mostrar o que está pensando em um momento de tanta indignação", disparou.

Em outro trecho, a comediante pediu união e afirmou que não dá mais para postar look do dia e sensualizar nas redes sociais. Engajada, Samanta ainda "meteu a colher" no texto de Gabriela Pugliese sobre Paulo Gustavo. A influenciadora disse que o artista morreu pela "vontade de Deus". "Não foi a vontade de Deus não. Foi falta de vacina", rebateu a atriz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos