Marlene Mattos acusa Xuxa de calúnia ao registrar ocorrência em delegacia do Rio

Extra
·1 minuto de leitura

Marlene Mattos registrou um boletim de ocorrência na 42ª DP (Recreio) do Rio de Janeiro contra Xuxa. A diretora de TV, que trabalhou durante anos ao lado da Rainha dos baixinhos, acusa a loira de calúnia. Ao delegado, a carioca citou a entrevista da apresentadora à "Veja", em 27 de janeiro, quando a ex-pupila diz que foi "roubada, enganada, usada e manipulada". As informações foram adiantadas pela coluna de Ancelmo Góis, de O GLOBO. 

Na entrevista, Xuxa responde a pergunta: "Antes de assumir o controle de sua carreira e negócios levou muitos golpes?"

Leia também:

"Olha, eu poderia ser duas ou três vezes mais rica. Fui tudo o que as pessoas imaginam: enganada, usada, manipulada, roubada. Quando falo disso, vem logo a imagem da Marlene, mas não foi só ela. Insisto em dizer que confiei demais em todas as pessoas próximas a mim. Fui passada para trás por coreógrafo, maquiador, fotógrafo. Digo sem vergonha que fui inocente, boba, burra mesmo".

De acordo com a coluna do Ancelmo, o boletim de ocorrência foi registrado por Marlene Mattos dias depois da entrevista, em 29 de janeiro. Porém, o caso só foi encaminhado ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro no fim de março, quando passou a tramitar na 9º Juizado Especial Criminal.

Procurada pelo EXTRA, por meio de sua assessoria de imprensa, Xuxa ainda não se manifestou.