Marisa Monte faz homenagem a Bruno e Dom em Londres

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 05-04-2019: Marisa Monte, durante show da banda Tribalistas, no palco Budweiser, no primeiro dia do festival Lollapalooza, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 05-04-2019: Marisa Monte, durante show da banda Tribalistas, no palco Budweiser, no primeiro dia do festival Lollapalooza, no autódromo de Interlagos, em São Paulo. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em show no Barbican Centre, em Londres, a cantora Marisa Monte fez uma homenagem ao indigenista brasileiro Bruno Pereira e ao jornalista britânico Dom Phillips nesta quinta-feira (23), em uma das etapas da turnê "Portas".

A imagem dos dois apareceu em um telão no palco, no final da apresentação, e foi aplaudida de pé pela cantora, músicos e público.

"Obrigada Dom e Bruno. Vocês são nossos heróis. Nossa solidariedade aos amigos e familiares", escreveu Marisa em seu Instagram.

A dupla foi assassinada na região do vale do Javari, no Amazonas, após ter desaparecido no dia 5 de junho, quando retornava de barco ao município de Atalaia do Norte. Os corpos foram encontrados cerca de três quilômetros floresta adentro.

A homenagem feita pela cantora foi elogiada pela líder indígena Sonia Guajajara. "Jamais serão esquecidos", disse.

"Que bonito falar deles numa noite de encontro entre a comunidade brasileira e a britânica", comentou uma fã.

Na turnê, Marisa leva ao público alguns de seus sucessos e boa parte do álbum "Portas", lançado no ano passado.

Em show no dia 18, em Brasília, Caetano Veloso também fez uma homenagem ao indigenista e ao jornalista ao exibir para o público uma bandeira com os rostos de Bruno e Dom, sob aplausos.

Enquanto o público seguia aplaudindo e puxava coro contra o presidente Jair Bolsonaro, do PL, Caetano guardou a bandeira e fez uma pergunta. "Por que pararam as investigações?"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos