Marilyn Manson é acusado novamente de abuso sexual

·2 minuto de leitura

Resumo da notícia:

  • Marilyn Manson está sendo acusado por uma modelo de abuso sexual.

  • Ashley Morgan relatou que o artista a cortou com uma faca e marcou suas iniciais em sua pele.

Marilyn Manson está sendo novamente acusado de abuso sexual. Esta é a quarta mulher que processa o cantor. A modelo Ashley Morgan Smithline contou à People nesta quarta-feira (30) que entrou com uma queixa contra o cantor, alegando abuso sexual.

"Tem sido importante para mim apresentar o que tenho feito porque vivo com medo constante até hoje. Estou buscando justiça porque quero seguir em frente e me curar do terrível abuso que enfrentei. Quero que Brian Warner [nome verdadeiro do roqueiro] seja responsabilizado de uma vez por todas", começou ela, que já havia relatado à publicação em maio que sofreu abuso psicológico, sexual e físico enquanto namorava o roqueiro.

A denúncia, obtida pela People, diz que "Warner pegou uma faca ao lado da cama e começou a cortar o ombro, a parte interna do braço e o estômago da Sra. Smithline.” Ainda segundo o documento, os cortes arrancaram sangue e fizeram com que a modelo entrasse em choque. "Até hoje, a Sra. Smithline carrega as cicatrizes dos cortes do Sr. Warner", diz mais um trecho.

O processo cita vários casos de estupro, abuso sexual, corte, chicotada, fratura de nariz e ser "marcada" pelo cantor depois que ele gravou suas iniciais em sua perna. "Fiz uma lavagem cerebral e isso me fez sentir nojenta", disse ela à People sobre as marcas.

Em uma declaração à People após o processo, um porta-voz de Manson nega "veementemente" as falas de Smithline, acrescentando, "há tantas falsidades em suas alegações que não saberíamos por onde começar a respondê-las. Esse relacionamento, até certo ponto era um relacionamento, durou menos de uma semana em 2010. Manson não viu a Sra. Smithline desde então", diz o comunicado.

Smithline também emitiu um comunicado: "Não sou uma vítima, sou uma sobrevivente e minha decisão hoje de buscar justiça sou eu me levantando para exigir que meu agressor seja responsabilizado. Minha esperança é que ele se apresente. Tomando essas ações necessárias contra Brian Warner, o mundo verá exatamente quem ele é, e para mim vale a pena se minhas ações impedirem que outras pessoas se machuquem".

O processo também alega que Manson "ameaçou repetidamente" Smithline, dizendo que ele iria encontrá-la e "matá-la se ela o deixasse". Ela também descreve ter sido colocada no "quarto das garotas más", um espaço de vidro à prova de som supostamente mantido em seu quarto.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos