Marília Mendonça critica "vendedoras" de sexo virtual

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
Foto: Reprodução/Instagram/@mariliamendoncacantora
Foto: Reprodução/Instagram/@mariliamendoncacantora

Marília Mendonça ficou nervosa depois que viu muitas propagandas sobre sexo virtual em suas postagens no Instagram. Irritada, a cantora usou o Twitter para fazer um desabafo nesta terça-feira (12).

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentários

“Não aguento mais bloquear essas vendedoras de sexo virtual comentando minhas postagens... Minha fia, vai caçar o rumo do ceis”, escreveu ela.

Leia também:

Um seguidor disse que nem sabia que isso existia e Marília explicou o que anda acontecendo. “Olha qualquer postagem de Instagram verificado, tem um monte de perfil comentando: ‘alguien queres masagearme... my mom says I’m cute’ com um monte de foto pelada. QUE SACO”, reclamou a cantora.

O sexo virtual tem aumentado na quarentena. Trabalhadores do sexo, assim como profissionais de outras áreas, precisaram se reinventar. Postagens de famosos, inclusive, tornaram-se janelas para divulgação. O ator de filmes adultos e garoto de programa Dan Albuquerque conversou sobre o assunto com o Yahoo!.

Dan chegava a faturar cerca de R$ 10 mil por semana, atendendo clientes pessoalmente. Com a 'coronacrise', seu trabalho se tornou arriscado. Para continuar pagando os boletos “que não param de chegar”, o jovem de 25 anos começou a trabalhar como cam boy, oferecendo sexo virtual em uma plataforma brasileira de câmeras conhecida como Câmera Prive.