Preso envolvido no Caso Marielle publicou fotos ao lado de Jair Bolsonaro em redes sociais

Bolsonaro e Djaca - Foto: Reprodução/Instagram

Preso na manhã desta quinta-feira (03), acusado de ter jogador no mar que teriam sido usados no assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, o professor de artes marciais Josinaldo Lucas Freitas, conhecido como Djaca, gostava de posar ao lado de políticos para as redes sociais. A revista VEJA revelou imagens de Djaca ao lado do hoje presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com a VEJA, o veículo teve acesso às imagens em julho. Na época, Djaca e seu advogado foram questionados sobre as condições nas quais as fotos foram feitas, mas eles prefeririam não se manifestar. As imagens não foram publicadas antes pois as investigações ainda estavam em curso.

Leia também

Ainda conforme as informações da revista, nada indica uma ligação entre Djaca e Jair Bolsonaro. Em uma das fotos, o lutador e o político fazem sinal de positivo.

Bolsonaro e Djaca - Foto: Reprodução/Instagram

Djaca também publicara fotos ao lado do vereador Marcello Siciliano, outro que já foi investigado no caso da morte de Marielle Franco e Anderson Gomes. Outra imagem mostra Djaca ao lado de algumas pessoas, entre elas, o vereador Carlos Bolsonaro.

Segundo a VEJA, o professor de artes marciais vive e dá aulas na região de Rio das Pedras e Muzema, justamente onde ficam comunidades conhecidas pelo domínio de milícias. Em uma rede social, Djaca postou panfletos que fazem propaganda de um serviço de transporte apelidado de “Uber da milícia”.