Marido de Gabriela Pugliesi volta a publicar no Instagram após festa polêmica

*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 25.03.2017 - A blogueira Gabriela Pugliesi no Lolla Lounge, durante o Lollapalooza 2017. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Erasmo Viana, marido de Gabriela Pugliesi, voltou a postar no Instagram na noite desta segunda-feira (11), 16 dias após ele e a mulher se envolverem em uma grande polêmica por promoverem uma festa durante a quarentena.

"Essa vida é uma incrível oportunidade que temos de aprender, de evoluir e às vezes precisamos dar alguns passos para trás para poder seguir em frente. Sou um eterno aprendiz e como ser humano ainda vou errar bastante. Cabe a mim transformar os momentos difíceis em grandes lições! E vida que segue", escreveu ele.

Erasmo postou duas imagens, uma em que ele aparece sentado de costas e outra com uma frase atribuída ao psiquiatra Viktor Frankl: "Quando a situação for boa, desfrute-a. Quando for ruim, transforme-a. Quando a situação não puder ser transformada, transforme-se".

Após receberem uma enxurrada de críticas por realizarem uma festa entre amigos, Erasmo e Pugliesi desativaram as suas contas no Instagram. Com 1,4 milhão de seguidores, ele já tinha reativado o perfil na rede social no último dia 6. Já a influenciadora segue sem se manifestar no Instagram, rede em que somava 4,4 milhões de seguidores.

ENTENDA

Na noite do dia 25 de abril, Pugliesi e Erasmo promoveram uma reunião entre amigos em meio à pandemia do novo coronavírus. A ex-BBB Mari Gonzalez era uma das convidadas. Após a grande repercussão negativa, ela chegou a pedir desculpas e declarou estar arrependida. Ela também desativou a sua conta no Instagram.

Pugliesi pode ter tido prejuízo de R$ 3 milhões com as quebras de contratos publicitários ao realizar. A estimativa é resultado de um levantamento realizado a pedido da revista Forbes pela empresa Brunch, agência que gerencia a carreira de influenciadores digitais.

Ainda segundo a empresa, as quebras de contrato podem configurar, inclusive, pagamento de multas. A influenciadora perdeu mais de cinco contratos publicitários, com marcas como Grupo Hope, Mais Pura, Desinchá, Liv Up e Fazendo Futuro. A Kopenhagen declarou não concordar com a postura de Pugliesi e informou que o contrato com ela era pontual e foi encerrado em março, sem intenção de renovação.

Vale lembrar que Gabriela Pugliesi confirmou que contraiu o novo coronavírus em março após a festa de casamento de sua irmã na Bahia. Vários convidados apresentaram sintomas depois do evento e também receberam diagnóstico da doença como a cantora Preta Gil, 45, e a influenciadora Shantal Verdelho e seu filho, Filippo, de apenas um ano.