Mariana Goldfarb fala sobre efeitos da anorexia: "Ainda não me amo 100% do tempo"

·1 min de leitura
Mariana Goldfarb conta como lidou com a anorexia. Fotos: reprodução/Instagram/marianagoldfarb
Mariana Goldfarb conta como lidou com a anorexia. Fotos: reprodução/Instagram/marianagoldfarb

Resumo da notícia

  • Mariana Goldfarb falou como a anorexia a afeta, cinco anos depois

  • Modelo disse que não se ama 100% do tempo, mas que está em processo de autoaceitação

  • Ela também refletiu sobre cobranças e críticas nas redes sociais

Depois de publicar uma foto de cinco anos atrás, quando enfrentava a anorexia, Mariana Goldfarb recebeu muitos comentários de seus seguidores. Neste sábado (27), a modelo voltou às redes sociais para responder às curiosidades dos fãs e contar como passou a lidar com a própria imagem depois do distúrbio.

"Há mais ou menos cinco anos, tive uma anorexia que durou uns seis meses. Muita gente me pergunta se eu já consegui me livrar disso, se eu já aprendi a me amar por completo e a resposta é que não. Eu ainda não aprendi. Eu não me amo 100% do tempo, mas eu estou em um processo muito importante e essencial de estar vivendo", disse ela em vídeo compartilhado nos Stories do Instagram.

A esposa de Cauã Reymond também falou sobre alguns aprendizados nesse período. Antigamente, ela se importava mais com o que os outros pensavam dela.

"E eu ainda me importo. Isso, às vezes, ainda me consome, me deixa ansiosa, me deixa triste. Só que isso também foi uma ferramenta para eu poder me descobrir melhor. Hoje eu não quero ser melhor do que ninguém, quero ser melhor do que fui ontem e quero continuar caminhando pra frente", analisou.

Mariana acrescentou ainda que resolveu cursar Nutrição "para ajudar as pessoas que também passaram e passam por isso" e refletiu sobre as cobranças das redes sociais.

"O maior gesto de amor próprio que eu já tive e continuo tendo na minha vida é ser exatamente do jeito que sou e não deixar essas coisas entrarem na minha cabeça", resumiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos