Mariah Carey tem conta em rede social hackeada

Foto: Evan Agostini/Invision/AP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A virada de ano foi movimentada para a cantora Mariah Carey, 49. Isso porque ela teve sua conta no Twitter hackeada, a ponto de espalhar algumas mensagens ofensivas, mas também porque se tornou a primeira artista a encabeçar o ranking da Billboard em quatro décadas diferentes.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

O problema com a conta da cantora na rede social aconteceu na Véspera de Ano-Novo e foi detectada pelo próprio Twitter, após algumas publicações com insultos: "Assim que fomos informados, bloqueamos a conta comprometida e estamos investigando a situação", disse a empresa ao jornal USA Today.

Segundo a publicação, o grupo responsável por hackear a conta da cantora teria sido o mesmo que invadiu o perfil do CEO do Twitter, Jack Dorsey, e de outras celebridades em agosto --pelo menos uma prisão foi feita na ocasião.

Entre as mensagens publicadas na conta de Mariah Carey houve uma dizendo que "Eminem tem pinto pequeno". Após a confusão, a cantora, que já teve um desentendimento com Eminem no passado, brincou com a situação: "Eu tiro uma soneca e isso acontece", publicou ela após recuperar seu perfil.

Mas sua virada de ano também teve notícia boa, já que Mariah Carey se tornou a primeira artista a encabeçar o ranking da Billboard em quatro décadas diferentes. Os anos 2020 mal começaram e ela já se tornou a única a registrar canção número um nos anos 1990, 2000, 2010 e 2020.

Isso por que o clássico natalino da cantora "All I Want For Christmas Is You" ("Tudo o que quero para o Natal é você") é a canção número um da Billboard Hot 100 para a semana de 4 de janeiro de 2020, baseado em registros de vendas, transmissão em rádio e dados de transmissão -esta foi sua terceira semana no topo do ranking.

A canção natalina foi lançada pela primeira vez em 1994 e recuperou a fama depois de ser incluída na trilha sonora do filme "Simplesmente Amor" (2003). Apesar disso, ela liderou o ranking pela primeira vez no fim de 2019, graças a uma mudança nas regras da Billboard sobre o que se pode incluir na lista das melhores canções.

Carey lançou um novo vídeo, que conta para a inclusão no Hot 100, e lançou a cação como um CD single pela primeira vez. Esse é seu décimo nono sucesso no topo das paradas, segundo a agência AFP, o que deixa a cantora apenas uma canção atrás do recorde dos Beatles, que já tiveram 20 canções no topo.