Mariah Carey leva filhos "de presente" para performance natalina

Mariah Carey na parada natalina da Macy's no feriado de Ação de Graças
Mariah Carey na parada natalina da Macy's no feriado de Ação de Graças. Foto: Cara Howe/NBC via Getty Images

Resumo da notícia:

  • Mariah Carey levou os filhos para performance natalina em Nova York

  • Os gêmeos Moroccan e Monroe dançaram ao lado da estrela do Natal

  • Cantora interpretou "All Want for Christmas Is You" em parada de Ação de Graças

Legado natalino! Mariah Carey iniciou suas performances natalinas como a estrela da melhor época do ano com direito a participação especial de seus filhos. Atração principal da parada de Ação de Graças da Macy's em Nova York, a cantora levou os gêmeos, Moroccan e Monroe, de 11 anos, para o show na 34th Street em Manhattan antes do Papel Noel ser recebido no local.

Enquanto a artista entoava o clássico "All I Want for Christmas Is You", os herdeiros da cantora com o ex-marido Nick Cannon saíram de dentro de caixas de presente do cenário e viraram dançarinos da apresentação.

Debaixo de um guarda-chuva cheio de cristais, usando uma coroa que simboliza seu reinado no Nata, joias e um elegante vestido rosa pink, Maria Carey ativou as energias de final de ano no evento transmitido pela NBC.

Dançarinos vestidos de soldados de brinquedo fizeram coreografias ao redor da artista, mas foi a dança dos filhos da cantora que roubou a cena com muita animação. Confira o momento icônico a partir de 1:40:

Vale lembrar que Mariah Carey teve o título de "Rainha do Natal" negado pela Justiça estadunidense recentemente. De acordo com o The Washington Post, o US Patent and Trademark Office (Escritório de Marcas e Pantentes dos EUA) também reprovou as inscrições para "Princess Christmas" (Princesa Natal) e "QOC", sigla que significa "Queen of Christmas" (Rainha do Natal).

A solicitação foi movida em 2021, quando a artista alegou querer usar os termos em itens comerciais como coleiras de cachorro, produtores para pele e títulos de músicas. No entanto, a cantora Elizabeth Chan, que tem a carreira focada em faixas de Natal, se apresentou como oposição à oferta de marca registrada de Carey e o apelido ficou sem uma única dona oficial.

"O tipo de música e a cultura natalina que permitiu que [Carey] e eu fôssemos uma 'Rainha do Natal' é o que eu queria oferecer às gerações depois de muito tempo ”, afirmou Chan ao The Washington Post. “Seja avós fazendo biscoitos ou filmes de Natal, é preciso muita gente para ajudar a inaugurar a temporada e está errado uma pessoa assumir isso”, completou.