Mariah Carey é processada pela irmã após denunciar abusos na infância

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Mariah Carey e a irmã Alisson (reprodução)
Mariah Carey e a irmã Alisson (reprodução)

Mariah Carey está sendo processada por uma integrante da própria família. Alison Carey, sua irmã mais velha, pede US$ 1,25 milhão na Justiça após ter sido alvo de diversas acusações na autobiografia recém-lançada da cantora.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

No livro, Mariah afirma que, aos 12 anos, foi drogada por Alison e quase vendida a um cafetão. Por causa dessa e outras acusações contra a familiar, a irmã mais velha a acusa de "humilhação pública", de acordo com a revista People.

Leia também:

"Quando eu tinha 12 anos, minha irmã me drogou com valium, me ofereceu uma unha cheia de cocaína, me fez queimaduras de terceiro grau e tentou me vender para um cafetão", conta a cantora na biografia.

A artista ainda afirma que nunca teve muito envolvimento com outros parentes. "Fui lançada neste mundo e me senti literalmente como um estranha em minha própria família. Sempre me viram como um esquema para enriquecimento rápido, um caixa eletrônico", escreveu.

A defesa de Alisson acusa a cantora de "usar seu status de figura pública para atacar a irmã que não tem dinheiro, gerando manchetes sensacionalistas que descrevem acusações sinistras para promover as vendas de seu livro."

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube