Maria e Linn dão beijão, e pegação no 'BBB22' termina em choro e desabafo

·2 min de leitura
Linn Da Quebrada e Maria dão beijão em festa no BBB22 (Reprodução/Globo)

Resumo da Notícia:

  • Linn Da Quebrada e Maria protagonizam beijaço no BBB22

  • Cantora ficou aos prantos com medo da repercussão negativa

  • Maria também demonstrou preocupação com a amiga após o beijo

Os participantes do BBB22 foram à loucura com o beijão protagonizado por Linn da Quebrada e Maria. Sem medo de serem felizes, as artistas se agarram na festa que rolou na madrugada deste sábado (29) no reality show.

Embora as duas tenham se pegado com vontade, o desfecho do beijo não foi muito positivo: Linn caiu no choro e precisou ser consolada por Maria, Brunna Gonçalves e Naiara Azevedo.

"Existem muitas fanfics sobre o corpo trans. Eu estou com medo de ser odiada pelo Brasil", disse ela após o beijo, aos prantos.

"A gente não fez nada além de história, além de amor. Fique sem medo, você é uma mulher incrível, maravilhosa. A sua história é linda, a sua estrela é linda, você é uma artista foda, não tenha medo. Livre-se de si mesma, como você mesma disse para mim. E aqui dentro você é uma grande jogadora. Você está linda hoje, está linda sempre, está sempre brilhando. Não tenha medo", disse Maria, consolando a cantora.

Brunna também tentou animá-la, dizendo que o Brasil não estava preparado para o furacão Lina, mas as palavras das amigas não foram suficientes para deixar de se preocupar com a repercussão do beijão e decidiu abandonar a festa e se recolher no quarto.

Maria se juntou a Eliézer Neto, Vyni Fernandes e Eslovênia Marques para fazer um desabafo e mostrar sua solidariedade à dor de Linn.

"Entendo a Lina. O que a gente fez aqui, pra gente pra gente é maravilhoso, é vontade, é liberdade, mas não sei se o Brasil tá preparado pra isso. Não sei se vão entender que eu quis beijar uma mulher porque acho ela maravilhosa, porque ela é incrível", disse a Verena de Amor de Mãe.

Eliézer quis entender melhor porque ela achava que o beijo poderia prejudicá-las no realtiy show, e Maria enfatizou sua tese: "Não sei, porque a porra do Brasil é hipócrita pra caralho. O Brasil é homofóbico, transfóbico, racista, machista, escroto. Eu fico com medo. Só não quero ter prejudicado ela".

Assista ao beijo e aos desdobramentos no BBB22: