Maria Beltrão avalia: "Fico três horas ao vivo, a chance de não falar besteira é zero"

Amanda Serra
·1 minuto de leitura

Maria Beltrão não só divulga as notícias. A jornalista da GloboNews tem uma identidade jornalística muito característica, ela interpreta, comenta, interage com o público. E vira e mexe ela garante seu lugar entre os assuntos mais comentados da web - seja pela dança no estúdio, pela chamada no colega que manifesta uma postura machista ou por um tropeção.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Descontraída e espontânea, ela não tem medo de virar meme, cair no estúdio ou até mesmo quebrar protocolos. “É um programa de três horas ao vivo por dia. A chance de eu não falar besteira é entre 0 e traço, não existe!”, avalia a convidada da semana do Yahoo Entrevista.

Veja também

Muito elogiada nas redes sociais, a jornalista diz que o segredo do sucesso passa pela humildade e autoestima. “É muito bonito quando a gente começa a olhar no retrovisor e ver beleza na nossa trajetória. Não só erro, insegurança, fracasso, mas aprendizado. É claro que chateia errar, mas nada como um dia após o outro”, afirma ela, que lançou recentemente “O Amor não se Isola".

A obra é um diário de Maria, que começou a escrever por sugestão do marido para aflorar sua criatividade. E claro, impossível não rir a cada parágrafo, e não se contagiar com o amor que Mariazinha - carinhosamente chamada pela família - transmite. Tem declaração para o marido, para filha, aliás, ,il elogios para essa que canta “maravilhosamente bem", saudade da mãe, uma fã de reality show. Enfim, gente como a gente, como dizem na internet.

Confira o papo completo no vídeo acima e aguarde os próximos dois episódios sobre fé, moda/beleza e até palinha de Marília Mendonça tem.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube