Margareth Menezes agita posse de Lula e canta 'Faraó' em show de BaianaSystem

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 13.12.2022 - A cantora Margareth Menezes, ministra da Cultura do governo Lula (PT). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 13.12.2022 - A cantora Margareth Menezes, ministra da Cultura do governo Lula (PT). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - No primeiro ato público no governo de Lula, a próxima ministra da Cultura, Margareth Menezes, subiu ao palco no Festival do Futuro e cantou a emblemática música "Faraó" em show do BaianaSystem. A banda desfilou hits e colocou a próxima ministra da Cultura do país no palco do maior e mais animado show do Festival do Futuro até agora.

Ressaltando a proposta de criar diálogos latino-americanos, o grupo abriu o show com a artista chileno-brasileira Claudia Manzo. O show também teve a participação do rapper cearense Rapadura, conhecido por suas letras que enaltecem a região Nordeste.

A apresentação mais longa e de produção mais complexa do festival contou com várias projeções de vídeo preparadas para o evento.

No primeiro ato público no governo de Lula, Menezes entrou no palco para acompanhar a banda em "Capim Guiné". Seu grande momento foi mesmo "Faraó", que fez a Esplanada dos Ministérios responder com o esperado coro da música.

O público acompanhou empolgado todas músicas seguintes, a maior delas hits da própria banda, como "Lucro: Descomprimindo" e "Duas Cidades".

Como é de costume em shows do Baiana, a plateia entrou na clima, abriu roda e dançou com o grupo --mas as canções ganharam um tom de catarse coletivo na esteira da posse de Lula.

Misto de pagodão, dub e heavy metal, a faixa "Saci" foi reinterpretada pelo vocalista da banda, Russo Passapusso, que puxou coro em apoio ao presidente Lula.

Já em "Dia de Caça", Passapusso reforçou os versos "livre da angústia, livre da dor".