Criticado por Mario Frias, Adnet comemora "divulgação" com deboche: "Sentiu"

Giselle de Almeida
·3 minuto de leitura
Marcelo Adnet faz paródia de Mario Frias (à direita). Fotos: reprodução/Globoplay e reprodução/Instagram/mariofriasoficial
Marcelo Adnet faz paródia de Mario Frias (à direita). Fotos: reprodução/Globoplay e reprodução/Instagram/mariofriasoficial

A troca de farpas entre o Secretário Especial da Cultura, Mario Frias, e o comediante Marcelo Adnet está longe de acabar. Parodiado em um dos esquetes do humorista, o político se sentiu ofendido e criticou o colega, a quem chamou de “garoto frouxo e sem futuro” e “bobão”, entre outros atributos nada elogiáveis. O autor da sátira, porém, resolveu reagir com ironia e aproveitou a “divulgação” espontânea de seu trabalho.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter

“Até o secretário Frias recomendou no Instagram dele! Vale conferir o post! A Secom [Secretaria Especial de Comunicação Social] deve replicar em suas redes”, debochou Adnet, no Twitter, neste sábado (5), .

Leia também:

O comediante ainda usou um meme famoso na rede social para rir da situação. “Galvão!”, escreveu.

A senha foi logo respondida por um usuário da plataforma: “Diga lá, Tino”. “Sentiu”, concluiu Adnet. Em duas horas, o post recebeu quase 20 mil curtidas.

Ao contrário do que Adnet havia dito em tom de brincadeira, a Secom, um órgão oficial do governo Jair Bolsonaro, usou seu perfil no Twitter para atacar o humorista.

O humorista, então, compartilhou algumas das respostas contundentes à postura da Secretaria.

“A Secom, além de canal oficial de Fakenews do Governo, virou DOI CODI da cultura brasileira? Marcelo Adnet continuará com sua arte! Arte incomoda fascistas! Cultura incomoda o fascismo! Não passarão!”, escreveu um internauta.

“Elegeram um bando de ressentidos, com masculinidade frágil, que gostam de rir de gays, negros e mulheres, mas não gostam de serem motivos de piadas!”, comentou outro.

Um terceiro afirmou: “O Mario Frias bloqueia o Adnet e usa a conta da Secom pra falar que está chateadinho com ele? Que absurdo! Não tem nada mais relevante para se preocupar do que piada de humorista? Ou a ditadurazinha vai querer calar também”.

O vídeo em questão faz parte da série “Sinta-se em Casa” que Adnet comanda diariamente na plataforma de streaming Globoplay, contendo sátiras de notícias políticas.