Mara Maravilha rebate críticas sobre filho e diz: "Sou família, sou mulher para casar"

·2 min de leitura
Mara, o noivo e o filho Benjamim (Foto: Rafael Manole/Divulgação)
Mara, o noivo e o filho Benjamim (Foto: Rafael Manole/Divulgação)

Mãe de Benjamim, de 3 anos, Mara Maravilha e o marido, Gabriel Torres são cobrados com frequência nas redes sociais por não mostrarem o rosto do menino nas fotos publicadas. A apresentadora explica que no momento certo publicarão imagens do menino de frente, já que, até o momento, ele só aparece de costas ao lado da família.

"Benjamim é o nosso milagre, herança, bênção, ele é extraordinário, lindo, feliz, inteligente, carinhoso, surpreendente e na hora certa, na nossa hora vamos mostrar sim. Mas uns chatinhos de plantão na internet ficam neste questionamento, e o que eu digo? Se metam na vida dos filhos deles e respeitem as nossas decisões".

Leia também:

O menino está na escolinha, pratica esporte, estuda música e, por enquanto, o tempo na internet é limitado.

Sou família, sou mulher para casardiz Mara Maravilha

"Colocamos 'Três Palavrinhas', 'Patati Patatá' e, de vez em quando, ponho os meus clipes infantis didáticos para ele, aí ele gosta, fica sorrindo e dizendo, 'minha mamãe, minha mamãe'. Todas as noites oramos e lemos para ele a Bíblia".

Mara e Gabriel concluíram o processo de adoção em março do ano passado e já estão na fila à espera de um irmãozinho para Benjamin.

"Pode ser uma menina, gêmeas ou outro menino, e gêmeos também, desde que sejam mais novos do que o Benjamim, pois ele é o nosso primogênito. Somos a família Benjamim. Entramos com o nossos advogados com uma tese em que a lei permita tanto eu como o Gabriel acrescentarmos o sobrenome Benjamim!".

'Sou mulher para casar'

Mara Maravilha fala dos planos (Foto: Rafael Manole/Divulgação)
Mara Maravilha fala dos planos (Foto: Rafael Manole/Divulgação)

Noiva do ator e cantor Gabriel Torres, a apresentadora diz que a pandemia uniu ainda mais o casal, que em breve pretende oficializar o relacionamento.

"Já enfrentamos altos e baixos e vencemos até o covid, sofremos muito porque o Benjamim também contraiu, mas somos uma família e estamos juntos há quase sete anos e a grande novidade é que decidimos oficializar o casório com tudo que tem direito, porque sou dessas, amo o tradicional sem perder a modernidade e liberdade, sou família, sou mulher para casar".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos