Mansão de Harry e Meghan é invadida por intrusos

Duque e Duquesa de Sussex credit:Bang Showbiz
Duque e Duquesa de Sussex credit:Bang Showbiz

A mansão do príncipe Harry e da duquesa Meghan foi alvo de dois supostos intrusos.

A propriedade avaliada em aproximadamente R$ 63 milhões onde o príncipe e a duquesa residem com seus dois filhos, Archie e Lilibet, na Califórnia, foi alvo de duas invasões em apenas 12 dias.

Segundo informações do jornal 'The Sun' - que teve acesso aos registros da delegacia de Santa Bárbara -, policiais foram acionados para a mansão no aniversário de casamento do casal, no dia 19 de maio, às 17h44 (horário local), após uma denúncia de invasão à moradia. Posteriormente, no dia 31 de maio, às 15h21 (horário local) - horas antes de Harry e Meghan pegarem um jatinho particular para comparecer ao Jubileu de Platina da rainha Elizabeth -, a polícia recebeu outro alerta de um possível invasor.

Ambas as chamadas em maio foram registradas como “invasão de propriedade" e definidas como "crimes contra o patrimônio sob circunstâncias suspeitas".

O casal se mudou para a mansão há cerca de dois anos, em junho de 2020.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos