Manifestante tumultua desfile da Louis Vuitton em Paris em protesto contra consumo excessivo

·1 minuto de leitura
Manifestante é retirada da passarela durante desfile da Louis Vuitton em Paris

PARIS (Reuters) - Uma manifestante tumultuou um desfile da Louis Vuitton em Paris na terça-feira, caminhando pela passarela com um cartaz criticando o impacto do consumo excessivo no meio ambiente.

Carregando um banner que dizia "super consumo = extinção", a mulher que representava os grupos Amigos da Terra França, Juventude pelo Clima e Extinction Rebellion caminhou pela mesma passarela das modelos, causando uma agitação no público, segundo disse uma testemunha da Reuters.

Na primeira fileira, as estrelas de cinema Catherine Deneuve e Isabelle Huppert quase não piscaram, enquanto alguns membros do clã Arnault, sentados ao lado do presidente da LVMH, Bernard Arnault, se entreolharam.

A manifestante foi levada ao chão pelos seguranças antes de ser retirada do local.

O tumulto praticamente não interrompeu o fluxo de modelos que desfilavam pela passarela de pedras em um corredor do Museu do Louvre ao som de um órgão dramático pontuado com toques de sinos.

A Amigos da Terra França disse que destinou o protesto ao evento da Louis Vuitton para jogar um holofote sobre a questão do consumo excessivo.

"A LVMH é a líder mundial de luxo e tem uma responsabilidade no tocante a tendências que impulsionam a indústria têxtil pela renovação constante e rápida das coleções, produzindo mais", disse Alma Dufour, uma porta-voz do grupo, à Reuters.

(Reportagem de Mimosa Spencer)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos