Mal paga, Sharon Stone levou vestido de "Instinto Selvagem" para a casa

·2 min de leitura

Resumo da notícia:

  • Sharon Stone revela que tem até hoje o vestido branco da cena clássica da cruzada de pernas de "Instinto Selvagem" (1992)

  • Em entrevista, ela esclareceu que o figurino foi parte de um acordo por causa da sua baixa remuneração

  • "Eu recebi US$ 500 mil e o Michael [Douglas] US$ 14 milhões. Então ficar com as roupas foi uma decisão sábia”, contou ela

Sharon Stone até hoje tem o vestido branco da cena clássica da cruzada de pernas de "Instinto Selvagem" (1992). Em entrevista à revista Instyle, a atriz de 63 anos explicou que ficou com a peça em um acordo com a produção do longa para compensar a sua baixa remuneração com o filme. Mesmo interpretando a protagonista Catherine Tramell, ela recebeu muito menos que o seu parceiro de cena, Michael Douglas, pelo trabalho.

“Eu estabeleci no meu contrato que ficaria com as roupas. As pessoas achavam que eu estava maluca, mas a verdade é que eu não estava sendo muito bem paga em comparação com os meus colegas homens. Eu recebi US$ 500 mil e o Michael [Douglas] US$ 14 milhões. Então ficar com as roupas foi uma decisão sábia”, disse ela.

A estrela, no entanto, diz que nunca mais voltou a vesti-lo após as gravações. "Foi fechado com zíper em uma sacola no set e nunca mais voltei a abrir. Eu quebrei o zíper, então está hermeticamente selado, como uma peça de arte ou uma cápsula do tempo muito legal”, complementou a estrela.

Na entrevista, ela explicou como o vestido branco foi escolhido para a cena. "Decidimos pela roupa toda branca por causa das inspirações hitchcockianas da personagem”, contou. “Mas a Ellen [Mirojnick, figurinista do filme] desenhou o vestido para que eu pudesse me sentar como um homem na cena do interrogatório. Me deu a liberdade para mover os meus braços e as minhas pernas, ter espaço e controle em uma sala cheia de homens”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Em outras entrevistas, Sharon Stone contou que foi enganada pelo diretor Paul Verhoeven e não sabia que apareceria sem calcinha no longa. À Instyle, ela contou que não imaginava que a cena do interrogatório se tornaria clássica. “O filme era um thriller e estávamos parando a ação para me filmar sentada em uma cadeira, então achei que a chance de alguém ligar para aquele momento era zero”, finalizou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: