Maju Coutinho lembra ação de padre Julio Lancellotti em colégio onde dava aula: "Marcante"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
No
No "Altas Horas", Maju Coutinho lembra época como professora. Foto: reprodução/TV Globo

Resumo da notícia

  • No "Altas Horas", Maju Coutinho lembrou época em que era professora

  • Apresentadora do "Jornal Hoje" deu aulas durante dois anos

  • Jornalista recordou ação do padre Julio Lancellotti no colégio onde trabalhava

Antes de ficar conhecida na TV, Maju Coutinho foi professora durante um breve período. A jornalista relembrou a época em que dava aulas durante uma conversa com Serginho Groisman no "Altas Horas" do último sábado (21) e recordou uma ação do padre Julio Lancellotti no colégio onde trabalhava.

"Eu dei aula durante uns dois anos na prefeitura de São Bernardo do Campo [SP] e, antes disso, eu dei aula pra crianças pequenas num colégio particular que seguia a linha montessoriana", contou a apresentadora do "Jornal Hoje".

Leia também:

Em seguida, ela deu detalhes sobre o projeto do religioso: "Nesse colégio, o padre Julio Lancellotti fazia uma ronda nos colégios particulares da região pra que abrigassem crianças soropositivas. Era uma ação muito importante, lembro que a gente tinha essa atuação, esses alunos com outros alunos e foi muito marcante na minha trajetória".

Maju fez questão de falar sobre experiência com a educação no programa por causa de um pedido especial.

"Tenho uma professora, que foi minha professora no magistério, e ela sempre reclama que eu venho aqui e não conto. Ela fala que eu sou professora, porque fiz magistério e atuei por pouco tempo, mas ela diz que eu sou e que, se eu fosse ao Serginho e não falasse, ela ia ficar muito brava", declarou a jornalista, que agradeceu à mestra por fazer parte de sua história.

O programa ainda teve a participação de Zilma e João Raimundo, pais de Maju, que declararam se emocionar ao ver a filha na TV. "Tem momento que a gente chora, sim. É um choro particular! Olho e muitas vezes falo: 'É nossa menina", afirmou a mãe da apresentadora.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos