Maitê Proença desconversa sobre fim de namoro com Adriana Calcanhoto

Maitê Proença entra em cartaz em São Paulo em setembro com a peça autobiográfica "O Pior de Mim", mas evitou falar sobre o assunto que polemizou nos últimos tempos: seu namoro com Adriana Calcanhoto, que teria terminado recentemente.

"Não gosto de falar da vida privada, mas após anos de carreira e vida pública, senti que precisava dar a minha versão. E o que faço entre quatro paredes não ameaça a vida de ninguém", explicou ela quando questionada sobre o namoro.

A peça autobiográfica fala sobre as redes sociais e as verdades que as pessoas escondem quando editam sua realidade para o olhar externo. "Muita gente nem abre um livro hoje em dia e para essas pessoas só sobrou Instagram e BBB: ficar olhando para a vida de mentira dos outros. Decidi fazer o inverso e mostrar o que não deu certo, as desilusões, revoltas e fracassos vividos enquanto todo mundo me via como diva".

Polêmica

Ser cancelado ao expor opiniões mais sinceras é um risco que se corre atualmente, e isso não assusta Maitê Proença. A atriz sempre falou abertamente sobre o que quis e, agora, quase um ano depois de seu namoro com Adriana Calcanhotto ter se tornado público, ela parece mais à vontade para incluir a vida amorosa no rol dos assuntos a serem abordados com naturalidade e sinceridade.

"Eu queria que ela [Adriana] fosse homem. Para essa atividade, sempre gostei mais de homem. Mas ela é mulher, gosto dela e aceito isso. Sei que as feministas e os LGBTs não vão gostar do que acabei de dizer, mas, honestamente, é assim, entendeu? Posso experimentar algo diferente para estar com ela", contou Maitê à revista JP.