Maisa e Eliana comemoram vacina e celebram sistema público de saúde: "Viva o SUS!"

·2 minuto de leitura
Eliana e Maisa elogiaram SUS sobre vacinação
Eliana e Maisa elogiaram SUS sobre vacinação

Resumo da notícia

  • Maisa e Eliana usaram suas redes sociais para comemorar o andamento da vacinação contra a Covid

  • Eliana conseguiu se vacinar nesta semana, e Maisa comemorou a vacinação dos pais

  • As artistas celebraram a importância do sistema único de saúde e incentivaram a luta contra a Covid-19

Em meio ao obscurantismo científico no Brasil e a lentidão da vacinação contra a Covid-19, Eliana comemorou ter conseguido se vacinar em São Paulo e fez questão de elogiar a importância do sistema único de saúde e incentivar a ciência. A apresentadora tomou a primeiro dose e compartilhou uma foto do momento em seu Instagram.

"Minha primeira dose. Foi sexta feira e senti um misto de emoções. Chorei por estar viva e pelos que já se foram e não tiveram a mesma oportunidade. Obrigada SUS, a ciência, aos profissionais da saúde e a Deus. Que todos tenham acesso a vacina urgentemente. Sigo na fé por nosso país", escreveu.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Maisa usou seu Twitter para comemorar a vacinação dos pais, Gislaine Silva Andrade e Celso Andrade. Os dois foram vacinados nesta semana, e a artista aproveitou para celebrar a importância do sistema público de saúde e da vacinação coletiva.

"Viva o SUS! Pai e mãe vacinados, agora sim!", comemorou.

Leia também:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em maio de 2020, Maisa já havia deixado claro seu posicionamento político a favor do distanciamento social e das medidas de restrições econômicas para impedir a progressão da pandemia da Covid-19 no Brasil. Hoje, após medidas pouco eficientes e vacinação lentíssima, o Brasil já soma mais de 516 mil mortes por Covid-19. A artista foi questionada por uma suposta falta de posicionamento, e disparou:

“Alguém avisa que eu fui uma das primeiras a levantar o ‘adia enem’ pelo amor de Deus, porque não aguento mais uns doidos querendo militar por likes nos meus posts”, escreveu ela, lembrando na época a campanha que pedia o adiamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) devido ao cenário de pandemia que evidenciou ainda mais a desigualdade social no país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos