Maíra Cardi sobre Arthur Aguiar ser 'cancelado' por traições: "Feio e injusto"

Maíra Cardi fala das traições de Arthur Aguiar
Maíra Cardi fala das traições de Arthur Aguiar

Maíra Cardi voltou a falar sobre as traições do marido, Arthur Aguiar, e a participação dele no "BBB22" em entrevista a Virginia Fonseca e Camila Loures no canal no YouTube "PodCats" nesta terça-feira (8). A coach, que ficou separada do ator e cantor após descobrir as dezenas de vezes que ele foi infiel, mas reatou o casamento no ano passado, disse que acredita na mudança do amado.

"Existiu um determinado momento da vida nele no qual ele se perdeu dele mesmo, não foi nem de mim, e ele mesmo admitiu. E está tudo bem ele poder mudar e se transformar, ruim seria se ele não estivesse disposto a toda essa mudança. Achei muito bonito e corajoso da parte dele topar entrar no Big Brother cancelado e se colocar numa situação extremamente vulnerável sem saber se as pessoas iriam tacar ainda mais pedras nele ou se ia dar certo. Um mês antes, ele chegou a cogitar não entrar. Ele teve uma crise de um cancelamento que aconteceu aqui fora muito pesado. Houve um cancelamento muito feio e injusto", declarou.

Apesar de voltar a confiar em Arthur, Maíra, não acha que "todos os homens dão conta de serem fiéis o resto da vida". "Hoje eu não aceito mais traição. Se eu não tivesse conhecido Deus, eu continuaria aceitando. Não tem problema, eu sou bem resolvida com isso. A questão é que quando uma pessoa vai para a cama com outra existe uma troca de energia muito grande. Hoje a ele entende isso", explicou.

A coach disse que o processo para perdoar Arthur não foi fácil, mas agora lida muito bem com tudo que passou. "Nunca joguei absolutamente nada na cara dele. Assim que a gente voltou, eu tive muita dificuldade comigo mesma, não com a desconfiança, mas com o meu questionamento. 'Será que estou romantizando algo que não estou vendo?'. Como estudo muito a parte psíquica, quando descobri esse desvio de personalidade que ele teve, eu não me perdoei. 'Eu trabalho com isso, ajudo pessoas, por que não vi meu marido, na minha casa?'. Santo de casa não faz milagre, você não analisa quando existe sentimento porque você fica cego. Quando eu entendi e me perdoei, eu fui capaz de perdoá-lo", completou.

Arthur "massacrado" no BBB

Para Maíra, Arthur foi massacrado durante o Jogo da Discórdia desta segunda (7) e ela ficou preocupada com o estado psicológico do marido. "Ele tem uma história muito forte com rejeição e abandono. Ele perdeu o contato com o pai aos 3 anos de idade, o pai foi embora e não voltou mais. Quando ele se sente rejeitado e não pertencente, é enfiar o dedo na ferida. Pra mim, apesar de ver que o Brasil está apoiando e dando uma chance, lá dentro eu não sei o quanto ele está sofrendo. Eu fico angustiada", disse ela, que afirmou ainda que o marido tem dificuldade em mostrar emoções.

"Como ele teve que ser muito duro com a vida, ele criou certas armaduras e finge que não está doendo. Eu bato muito nessa tecla porque nosso mundo é machista. 'Homens não choram', essa frase é péssima. Ele não chora, não demonstra que está doendo, mas eu sei o quanto ele está dilacerado ali dentro", explicou.

Compulsão alimentar X compulsão sexual

Depois de criticar o fato do ator e cantor estar saindo da dieta — principalmente, por estar comendo muito pão, o que acabou virando meme —, a coach comparou a suposta compulsão alimentar de Arthur na casa com compulsão sexual.

"A pessoa que tem compulsão tem no sexo, na compra e precisa olhar os problemas e as feridas. Hoje ele entende que não está tudo bem, faz tratamento já tem um tempo com um psicólogo e resolve essas coisas na terapia. O que ele fez comigo, me feriu, mas também feriu a ele porque ele estava perdido. Ele estava numa busca insaciável que ele nem sabe do que, era de um vazio que ele precisava preencher. Vazio de pai e mãe não se preenche com nada. E aí você vai comer o mundo, em todos os sentidos, seja sexual ou alimentar", opinou.