Maíra Cardi e Arthur Aguiar anunciam divórcio: "Fim da nossa caminhada juntos"

Arthur Aguiar e Maíra Cardi em entrevista ao
Arthur Aguiar e Maíra Cardi em entrevista ao "Fantástico" após o "BBB 22". (Foto: Reprodução/GShow)

Maíra Cardi e Arthur Aguiar usaram as redes sociais nesta quinta-feira (6) para anunciar que estão se divorciando. A influenciadora publicou uma foto dos dois sorrindo, quando estava à espera da pequena Sophia, e comunicou a separação.

"Fim da nossa caminhada juntos, mas o começo de um novo caminho melhor para ambos", escreveu Maíra na legenda da postagem no Instagram.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Horas antes, o vencedor do "Big Brother Brasil 22" postou uma imagem enquanto observava a paisagem pela janela de um avião e refletiu: "Pode ser que todas as circunstâncias a sua volta estejam te mostrando que é impossível ter uma saída, mas nunca se esqueça que a última palavra vem sempre de Deus!!", disse Arthur.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O fim do casamento chega dois anos após Maíra Cardi expor publicamente as traições do marido. Em entrevista ao programa "A Hora do Faro", ela revelou que descobriu mais de 50 traições através de uma amiga: a cantora Lexa.

Na época, a coach chegou a anunciar a separação do ator e declarou que vivia um relacionamento abusivo enquanto ainda estava no puerpério, amamentando a filha do casal, Sophia. Segundo Maira, em uma das mensagens privadas vazadas por ela, o ator interage com uma mulher que seria uma garota de programa. Arthur admitiu as traições e gravou um vídeo de pedido de desculpas chorando.

Ela decidiu perdoar as infidelidades e apoiou a ida de Arthur para o reality show da TV Globo em janeiro. Em entrevista ao podcast de Joel Mota, ela chegou a declarar que o marido era "uma vítima da sociedade": "Não é defendendo, também é uma vítima da sociedade. Tem uma parcela de culpa, de responsabilidade, não poderia fazer o que fez, mas foi educado dessa maneira".