Mãe faz relato poderoso sobre como lidar com filho com síndrome de Down

Reprodução/Stephanie Hall Meredith

O futuro de um filho e todas as suas conquistas na vida estão diretamente ligadas ao apoio recebido dos pais. Não importa qual a condição da criança, é a mãe quem tem papel fundamental na visão que o filho tem do mundo.

Leia mais: Mãe de garoto com síndrome de Down faz apelo para médicos mudarem vocabulário

Uma delas é Stephanie Meridith, que possui um filho com síndrome de Down e dá um show demonstrando o quanto ele é importante. Andy tem 18 anos e sua mãe fez um relato poderoso sobre todas as conquistas do jovem e seu orgulho em tê-lo por perto.

Stephanie diz no texto que gostaria que Andy soubesse o quanto a vida da família é incrível, mesmo que ela seja descuidada às vezes. “Sou o tipo de mãe que esquece de finalizar os antibióticos, exagera na terapia, nunca tomamos suplementos porque não podemos pagar por eles e ele joga muito vídeo game assiste muito Batman”, relata.

Ela segue afirmando que tudo isso não é nada perto do seu esforço em fazer com que o filho se sinta aceito. “A única coisa que sou muito consistente é defender a inclusão na escola, igreja e atividades extracurriculares. Ele não é um jovem super estudioso, mas ele é descolado, tem vários amigos e conseguiu um emprego aos 16”.

Sua intenção é fazer Andy ser parte da sociedade como qualquer outro jovem, mesmo que muitos tentem o colocar para baixo. “Meu conselho é assumir que seu filho faz parte. Se eles querem fazer caratê ou irem para um acampamento esportivo, inscreva-os. Mesmo que ocasionalmente eles conheçam um treinador idiota no caminho. Não espere pedido de permissão, nossos filhos têm o direito de ser o que quiserem”.

A orgulhosa mãe diz que há também pessoas que serão incríveis, como um treinador que ensinou Andy a pedalar, e que também é preciso dar uma força a mais. “Você pode ter que armar um companheiro para ir com ele a um acampamento, mas apenas jogue eles no mundo o máximo que puder par que venham que podem voar”.

Leia mais: Garotinho com síndrome de Down emociona ao falar sua primeira palavra

Ela finaliza com uma emocionante mensagem. “Se demonstrarmos que Andy faz parte, ele irá assumir isso também. Ele liga para os amigos para chamá-los para o boliche ou para almoçar, e eles vão. Ele pedalou sua bike para se candidatar a uma vaga de emprego e conseguiu. O futuro é brilhante e não porque fizemos algo extraordinário, mas porque abraçamos o simples”.