Mãe de gêmeas, Nanda Costa descreve personalidade das filhas: “Têm muita energia”

Nanda Costa é mãe de Tiê e Kim (Foto: Globoplay/Paulo Bellote)
Nanda Costa é mãe de Tiê e Kim (Foto: Globoplay/Paulo Bellote)

Resumo da Notícia:

  • Nanda Costa é mãe de Tiê e Kim, fruto do seu casamento com Lan Lanh

  • A atriz contou como é personalidade das filhas gêmeas em conversa com o Yahoo

  • As meninas nasceram há cerca de 10 meses e estão começando a andar

Há cerca de 10 meses, a vida de Nanda Costa mudou. Foi quando ela se tornou, oficialmente, mãe de Tiê e Kim, fruto de seu casamento com a percussionista Lan Lahn.

A atriz conversou com o Yahoo sobre as meninas durante o evento de lançamento da segunda temporada de “Cine Holliúdy 2”, do Globoplay. “Elas são felizes, têm muita energia, têm uma lua em Áries ali que dá aquela bombada”, contou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Nanda contou que as filhas, que estão aprendendo a andar e supermusicais, têm supervisão 24h. “Elas estão escalando tudo. Vai uma para um lado, vai outra pro outro. Então assim, tem que ter sempre duas pessoas por perto. A Tiê, ela fica batucando, marcando o tempo, tocando é impressionante. Tem ritmo. É essa que imita a gente, bastante. E a outra já é mais atlética. Ela vai na frente e olha pra irmã e chama, a irmã tá lá ouvindo o som, curtindo, relaxando”, reflete.

Além de andar, as meninas também estão aprendendo a falar. “Elas falam várias coisas que a gente ainda não entende o que é (riso). Aí tem umas sílabas que não saem, mas fica mexendo a boca. Mas não conseguiu emitir aquele som, mas ela observa e repete tudo. É impressionante”, avaliou.

Para as mães que estão vivendo esta fase com os filhos, Nanda Costa recomenda um produto que a ajudou a “fazer xixi em paz”. “É uma coisa que estou amando, que não sabia que existia. Se chama ‘Anjo da Guarda’ e é tipo uma mochilinha que vem com um suporte para a cabeça. Então, se elas se jogarem para traz, a cabeça fica protegida”, recomenda.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Outro lado

Para Nanda, a privação do sono foi o pior nestes últimos meses. “Tudo vai ficando mais difícil. Não estava conseguindo treinar por conta do sono e elas foram ficando mais pesadas, mais pesadas e eu comecei a ficar corcunda. Voltei para ficar forte. Estou feliz e está me dando mais energia pra cuidar delas”, analisou.

A atriz contou que ainda o maternar não foi nada parecido com o que imaginou antes de efetivamente acontecer. “Nunca é, a gente pensa numa coisa e é completamente diferente desde o parto. Pensava assim: ‘ah, tranquilo, são dois, são duas meninas, mas são duas mães’. Mas são duas meninas, sabe? É muito trabalho. Não imaginávamos que era tanto. Mas é o maior amor do mundo. É o melhor trabalho do mundo. É o melhor trabalho da minha vida”, avaliou.