Mãe de blogueira diz que a filha avisou sobre suicídio: 'Meu mundo acabou'

Foto: Reprodução/Globo

Fátima Bernardes começou o ‘Encontro’ desta quarta-feira (17) lamentando a morte de Alinne Araújo, de 24 anos. Para explicar melhor o caso, a apresentadora recebeu a mãe e a tia da jovem, Elizabete e Sayonara, que falaram sobre a saúde da blogueira e os últimos momentos de vida da carioca.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Alinne, segundo Elizabete, sofria de depressão e ansiedade. Ela usava as redes sociais justamente para falar sobre o tema com seus 26 mil seguidores. A exposição preocupava a mãe da garota, mas ela afirmava que tinha a missão de ajudar outras pessoas a partir de suas experiências.

Leia também

“A Alinne se tratava, tinha psicólogo e psiquiatra, recebia todo amparo. No início da adolescência, ela chegou a tomar remédio, fez lavagem, foram muitos episódios. Agora estava fazendo psicologia para estudar a mente humana e ajudar outras pessoas. Também fazia teatro e acabou criando o blog ‘seje sincera’ para chamar atenção, provocar com a diferença”, contou a tia Sayonara.

O que desequilibrou totalmente a jovem, segundo a família, foi o término do noivado na véspera do casamento. Ela, que já morava há nove meses com o parceiro, recebeu uma mensagem dele no WhatsApp informando que não estava preparado para o casório. Depois disso, os dois não se viram mais.

“Ela foi na casa dos pais dele e ele não estava lá. Fomos na delegacia informar que ele estava desaparecido porque ninguém some desse jeito. Ele pagou a festa toda sozinho, a Alinne era estudante”, disse a tia. “Quando ele terminou o relacionamento, ela estava voltando para casa, saiu do carro e tentou se suicidar. Começou a se jogar na frente de outros carros”, completou a mãe.

Ainda sem digerir o término, Alinne resolveu casar consigo mesma para aproveitar a festa que já estava paga. Sayonara conta que parentes saíram de Minas Gerais e até gastaram o que não tinham para alugar roupas e marcarem presença no evento. A surpresa, inclusive, seria a jovem entrando na cerimônia de helicóptero.

“Ela falou que ia se matar, que a vida dela tinha acabo depois disso. Mas não botei fé”, lamentou a mãe, que já tinha ouvido isso da filha outras vezes. Elizabete imaginava que uma crise depressiva poderia acontecer, mas não pensava no suicídio da herdeira.

“Fiquei de olho nela, não fui trabalhar. Já estava duas noites sem dormir, mas tomei um remédio para conseguir descansar e ela aproveitou esse meu cochilo para se jogar pela janela”, recordou a doméstica.

Últimos minutos

Minutos antes, as duas estavam no sofá e a filha dava entrevistas para veículos de comunicação que queriam entender o que a levou a se casar sozinha. A história já tinha viralizado e a jovem, que antes era seguida por 26 mil pessoas, já tinha mais de 100 mil seguidores no Instagram.

“Acho que ela não estava pronta para esse boom nas redes sociais. Antes do casamento, os seguidores que tinha a apoiavam porque também eram depressivos. Quando comentei sobre os novos, ela disse que estava assustada, que tinha virado celebridade”, contou Sayonara, que não culpa o ex-namorado da sobrinha.

“Ela já sofria com a doença, chegou a ficar dois dias sem tomar banho e sem fazer a unha. Mas dias antes da morte parecia bem. Na verdade, ninguém espera isso acontecer no casamento. Mas ele não tem culpa, ela falava isso para a gente e nós não queremos culpar ninguém porque ele também é um ser humano que fez muito bem para ela quando os dois estavam juntos”, garantiu a tia.

As familiares de Alinne também explicaram que a blogueira foi muito amada, informaram que suas páginas serão tiradas do ar e pediram para as pessoas respeitarem o momento da família sem mais julgamentos. A mãe ainda se declarou: “Ela era minha joia rara, meu amor, minha vida. Meu mundo acabou”.

Fátima deu sequência ao programa depois do bate-papo. A apresentadora agradeceu a presença das mulheres em um momento difícil e falou sobre responsabilidade afetiva e digital. Especialistas também opinaram sobre o assunto.