Mãe de 44 anos responde haters que disseram que ela é "muito velha para amamentar"

Reprodução/Faceook Mama’s World

A italiana Stefani Giraldi teve seu primeiro filho aos 37 anos e o segundo aos 39. O fato de não ser uma mãe tão jovem deixou muitas pessoas se sentindo no direito de criticá-la por amamentar, por exemplo.

Leia mais: Mulher trans se torna a primeira do mundo a amamentar

Recentemente, enquanto amamentava a filha de três anos em público, Stefani ficou chocada ao ouvir de uma mulher de cerca de 30 anos que ela era “muito velha para amamentar” e que o leite “velho” poderia ser perigoso para a criança. “A propósito, tenho 44 anos, farei 45 mês que vem, e meu leito é perfeito”, respondeu.

Defensora do aleitamento materno, ela seguiu amamentando a filha mesmo após os três anos de vida e após o ocorrido, ela usou a página do Facebook Mama’s Word para saber a opinião dos internautas.

“Depois de seis anos consecutivos amamentando, eu pensei que nenhum comentário poderia me chocar à respeito desse assunto. Duas mulheres estavam falando sobre uma mãe de 42 anos que conhecem e que, na opinião delas, era velha demais para amamentar e como seu leite não deveria ser bom o suficiente por causa de sua idade. Elas ainda disseram que era melhor que o bebê fosse alimentado com fórmulas”, relatou.

Muitas mães saíram em sua defesa e deixaram comentários de apoio. “Tenho 42 anos e estou amamentando minha terceira filha que acaba de completar um ano. Ela foi alimentada unicamente com meu leite (assim como os outros dois) e está com a saúde ótima, não há nada de errado com meu leite. Meu bebê, meu corpo, não é da sua conta”, disse uma mãe.

Leia mais: Shopping faz sucesso ao colocar manequins amamentando em suas vitrines

Outras ressaltaram que este não é o único problema que enfrentam, ressaltando que as pessoas devem parar de cuidar da vida dos outros. “As pessoas realmente não sabem quando se calar. Uma mulher uma vez me criticou e fez insinuações sobre o fato de eu estar muito magra. Ela me rotulou como “uma daquelas mães jovens que estão mais preocupadas com a aparência física do que qualquer outra coisa e, definitivamente, não servem para amamentar”, relatou outra internauta.

“Eu perdi muito peso devido a sérias complicações e lesões durante o parto e levei meses para me recuperar. Também tinha 37 anos na época e só alimentei meu bebê com leite materno, mesmo estando com dor. Então realmente, ninguém deve nos julgar, nunca”, finalizou.