Madonna: 9 vídeos polêmicos da cantora ao longo do tempo

Colaboradores Yahoo Vida e Estilo
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Por Felipe Abílio (goabilio)

Em uma tentativa de criticar o uso de armas de fogo no mundo, Madonna decidiu retratar o tiroteio que vitimou 49 pessoas na noite de 12 de junho de 2016, na boate Pulse, em Orlando (EUA). No massacre, um atirador usando um fuzil e uma arma de pequeno porte, entrou na boate LGBTQ+ durante uma festa e abriu fogo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

No clipe da música “God Control”, a artista canta versos como: “Eu acho que entendo por que as pessoas compram armas, eu acho que entendo por que todos nós desistimos, nós perdemos o controle de Deus”. Nas cenas, que se passam em uma boate de Nova York, a cantora choca os espectadores ao também ser baleada.

Leia também

Com pouco mais de três milhões de visualizações desde o lançamento, Madonna foi duramente criticada por sobreviventes da tragédia, que acharam a homenagem de péssimo gosto.

Patience Carter deu uma entrevista ao TMZ e contou o que sentiu ao ver as imagens recriadas por Madonna: "Como uma sobrevivente, foi muito difícil assistir ao clipe. Entendi que ela estava tentando trazer atenção para o que aconteceu. Mas acho que não foi da forma correta, pois para alguém como eu, que vivi essas imagens reais, vê-las de novo, dramatizada para visualizações, achei bastante insensível. É preciso pensar em quem estava lá. Nós, ao vermos o clipe, estamos vivendo isso de novo, relembrando toda aquela dor", disse ela.

Banida da TV

Mas não é novidade ver Madonna envolvida em polêmicas por conta de seus clipes. Com quase 40 anos de carreira, a cantora teve pelo menos dois vídeos banidos da TV e coleciona tretas por conta de seus roteiros ousados.

Open Your Heart (1986)

A música fazia parte do álbum “True Blue” e chocou o público da década de 1980 ao sugerir cenas de pedofilia. No vídeo, Madonna interpreta uma dançarina de um clube de strip-tease e seduz uma criança, que tenta entrar na boate. Com a negativa do bilheteiro, a cantora foge do trabalho e vai viver o amor proibido ao lado do menino, que chega a ganhar um selinho.

Like a Prayer (1989)

Era final dos anos 1980 quando Madonna liberou o polêmico clipe da música “Like a Prayer”. Nas imagens, ela simula chagas de Cristo nas próprias mãos, dança ao lado de cruzes pegando símbolos religiosos pegando fogo e beija um santo negro dentro de uma Igreja. A cantora foi excomungada da igreja católica por conta do vídeo.

Vogue (1990)

Um dos maiores hinos da comunidade LGBTQ+, Vogue quase foi banido pela MTV por nudez excessiva. Nas imagens, dirigida por David Fincher, Madonna aparece com uma blusa transparente deixando os seios à mostra durante toda a sequência. Por sorte, o clipe continuou vendo a luz do dia e popularizou um dos maiores movimentos de dança da história, os passos de vogue.

Justify My Love (1990)

Talvez esse seja o clipe mais polêmico da carreira da cantora. Parte do álbum “Immaculate Colleciton”, a artista aparece em cenas de sexo explícito, sadomasoquismo e bissexualidade. A polêmica foi tanta na época que o clipe foi censurado na MTV.


Erotica (1992)

Nua, de saltos altos, na beira da estrada pedindo carona. Assim Madonna aparece no polêmico “Erotica”, single do álbum “Sex”, que também tem um livro homônimo com imagens dos bastidores. Nas imagens, Madonna brinca com fantasias sexuais como dominatrix e sadomasoquismo. Essa é considerada uma das obras mais escandalosas da cantora.

What It Feels Like For a Girl (2001)

Madonna surge como uma boa moça resgatando uma senhora em um asilo, mas tudo muda quando o passeio ganha tons dramáticos com a cantora pisando fundo e passando por cima de tudo que tem vê pela frente com a velhinha do lado. O clipe foi considerado violento demais para a época, principalmente pela cena final, quando Madonna bate o carro em cheio com as duas dentro. Tudo vai pelos ares.

American Life (2003)

Esse é mais um vídeo que entra para a lista de banidos da TV. Madonna fez duras críticas ao governo de George W. Bush ao recriar a guerra do Iraque como se fosse um desfile de moda. Trajando uniforme militar, a diva pop comanda o desfile em cima de um tanque. Um sósia de Bush aparece no vídeo acendendo um cigarro com uma granada, enquanto cenas reais da guerra tão um tom de drama e desespero ao vídeo. A própria cantora tomou a iniciativa de fazer cortes em respeito aos soldados que lutaram no Oriente Médio. Na segunda versão, Madonna aparece com um telão ao fundo cantando na frente das bandeiras dos países do mundo todo.

Hollywood (2003)

Também parte do álbum “American Life”, a cantora aparece com muito glamour em photoshoots criticando o estilo de vida que as pessoas levam para viver o sonho do show business em Hollywood. Uma das cenas mais chocantes é quando ela aparece tomando agulhadas de botox no rosto, na época isso não era tão comum como nos dias de hoje.