Maíra Cardi perde na Justiça e terá que pagar indenização de R$ 50 mil após xingar médico

Maíra Cardi - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz
Maíra Cardi - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz

Maíra Cardi terá que pagar R$ 50 mil ao nutrólogo Bruno Cosme após ter sido condenada na esfera cível por xingar o médico.

O profissional paraibano moveu uma ação de danos morais contra a influenciadora após Maíra disparar ofensas ao médico durante uma live em seu Instagram.

A confusão se deu por Bruno criticar o método de jejum de sete dias de Maíra, chamando a ideia de "desserviço".

Após os xingamentos de Maíra, Bruno moveu um processo tanto na Paraíba quanto em São Paulo, e ganhou nos dois estados.

Depois da decisão do tribunal da Paraíba, Bruno comentou em suas redes sociais:

"A justiça se fez mais uma vez. Acabo de receber a notícia de que também ganhamos na esfera cível contra a senhora Maíra Cardi. [...] Profissionais de saúde têm a obrigação técnica e moral de se manifestar nas redes sociais sempre que informações que possam levar algum risco à saúde das pessoas sejam divulgadas", escreveu ele.

Maíra Cardi ainda não se pronunciou sobre o caso.