Mãe de ex-humorista da Globo nega agressão no último dia de 2022: 'Foi uma briga familiar'

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Três dias depois da prisão em flagrante do ator Filipe Pontes, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, acusado de agressões a mãe e ao irmão, Silvania Pontes fez um vídeo negando a confusão envolvendo seu primogênito. A dona de casa disse que levou um empurrão ao separar os dois filhos de uma discussão mais calorosa e defendeu o ex-humorista da Globo. "Em momento nenhum o Filipe me bateu", contou.

"Filipe chegou em casa alterado, bêbado, falando alto... Eu pedindo para ele falar mais baixo. Ele, alterado, começou a falar mais alto. Meu outro filho, menor, acordou, tentou interferir e entrar no meio. Virou uma discussão entre dois irmãos.", começou no vídeo.

Silvania ainda prosseguiu no relato. "Com medo de acontecer uma briga, entrei no meio para apartar e fui empurrada e tal. Aconteceu uma briga, discussão dentro de casa. Foi chamada a polícia, levou para delegacia, fez boletim de ocorrência. Lá tinha uma pessoa da mídia que postou a foto do Filipe e fez uma matéria, mas em momento nenhum o Filipe me bateu".

Por fim, ela reforçou: "Não tenho nada, não me bateu. Não foi isso que aconteceu. Tivemos uma briga familiar e o Filipe está na casa de amigos, trabalhando... O que aconteceu na mídia me deixou mais triste do que aconteceu aqui dentro e casa."

No sábado dia 31 de dezembro, o F5 entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, que confirmou a prisão de Filipe Pontes. "Ele é acusado de agredir a própria mãe, de 57 anos. A vítima solicitou medida protetiva de urgência e o autor irá ficar preso até a realização de uma audiência de custódia.", dizia a nota.

O humorista ficou conhecido por seus trabalhos na Globo imitando os apresentadores Luciano Huck e Fausto Silva, além do personagem Tufão da novela "Avenida Brasil"(2012), nas atrações humorísticas da casa. Ele também atuou nos programas Pânico na Band, da Band TV e Legendários, da Record.