Mãe de Chris Rock fala sobre agressão de Will Smith: 'Tapa em todos nós'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Quase um mês após ver pela TV seu filho levar um tapa do ator Will Smith, Rose Rock, mãe do humorista Chris Rock, quebrou o silêncio e falou sobre a agressão. De acordo com ela, foi como se ela tivesse apanhado.

"Quando ele deu um tapa em Chris, ele deu um tapa em todos nós. Foi realmente como se ele tivesse me dado um tapa", disse ela em entrevista a um telejornal da rede NBC.

Rose assistia pela televisão e contou que num primeiro momento achou que aquela situação fosse encenada entre os dois e que só caiu na real quando viu Smith proferir palavrões na direção do filho.

Em sua visão, o tapa, motivado por uma piada feita por Rock com Jada e sua alopecia, foi completamente desproporcional. "Você reagiu à sua esposa virando os olhos e você foi e fez o dia dela porque ela estava pensando em rir quando aconteceu", comentou Rose como se tivesse falando diretamente com Will.

Para ela, foi uma pena ninguém ter ficado ao lado do filho naquele momento. "Ninguém ouviu o que ele disse [na apresentação do Oscar de Melhor Documentário]. Ninguém foi capaz de estar com ele porque todo mundo estava pensado: 'O que aconteceu?'", disparou.

Nem mesmo o pedido de desculpas feito por Will Smith parece ter sido aceito por ela que afirma que talvez não tenha sido ele quem tenha escrito. "Eu me sinto muito mal por ele nunca ter realmente se desculpado. Quero dizer, o pessoal dele escreveu um post", finalizou.

Will Smith renunciou à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas após a instituição ter aberto um processo disciplinar contra o ator.

Em um comunicado ao comitê, como informa o portal Variety, o ator antecipou sua decisão de sair da Academia e diz que "aceita quaisquer outras consequências" que o conselho considere apropriadas. "Minhas ações na apresentação do 94º Oscar foram chocantes, dolorosas e imperdoáveis."

Fora da Academia, Smith não pode mais votar no Oscar, mas ele ainda poderá ser indicado para futuros prêmios da Academia, participar de cerimônias e manter a estatueta que ganhou.

No texto, o ator premiado na ocasião pela atuação em "King Richard: Criando Campeãs", diz que machucou não apenas o comediante, mas também sua família, amigos, entes queridos e todo o público. "Eu traí a confiança da Academia", escreveu. "Privei outros indicados e vencedores de sua oportunidade de celebrar e ser celebrado por seu trabalho extraordinário. Estou de coração partido."

Ele diz ainda que gostaria de devolver os holofotes aos premiados na noite, e não a sua atitude agressiva. Conclui afirmando que a "mudança leva tempo e estou comprometido em fazer o trabalho para garantir que eu nunca mais permita que a violência ultrapasse a razão".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos