Lula vai expor de novo quadro de Djanira que Bolsonaro tirou do Planalto

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A pintura "Orixás", de Djanira, vai voltar ao Salão Nobre do Palácio do Planalto, de onde foi tirada pelo governo de Jair Bolsonaro, disse a primeira-dama Janja, mulher do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a posse da ministra da Cultura Margareth Menezes.

A obra dos anos 1960, que mostra divindades de religiões de matriz africana, foi posta na reserva técnica do acervo e saiu da exposição pública. A pintura já voltará a ser exibida na exposição "Brasil Futuro: As Formas da Democracia", que entra agora em cartaz no Museu Nacional da República, em Brasília.