Lula recebe título de cidadão honorário de Paris por combate à desigualdade social

Foto: Dario Oliveira/Anadolu Agency/Getty Images

A prefeitura de Paris concedeu nesta quinta-feira (03) o título de cidadão honorário ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em reconhecimento por seu trabalho para reduzir as desigualdades sociais e econômicas no Brasil, exaltando sua trajetória política no país.

Anne Hidalgo, prefeita de Paris, informou em comunicado que levou em consideração as ações do petista em apoio aos desfavorecidos e o fato do ex-presidente ter contribuído para tirar da extrema pobreza cerca de 30 milhões de brasileiros entre 2003 e 2011.

Leia também

Hidalgo ressalta atuação de Lula na nota, afirmando que o petista fortaleceu: "valores guardados pela cidade de Paris e que colocaram o político em perigo pelo seu engajamento”.

"Lula é conhecido por sua política proativa de combater a discriminação racial particularmente acentuada no Brasil", acrescenta o texto, destacando que os ataques ao ex-presidente são negativos para o país: "todos os defensores da democracia no país são atacados".

A concessão do título de cidadão de honra a Lula foi aprovada pelo Conselho de Paris, uma espécie de Câmara de Vereadores da capital francesa.

Presidente entre 2003 e 2010, Lula cumpre pena na sede da Polícia Federal, em Curitiba, desde de abril de 2018. Ele foi condenado a nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção.

Em abril deste ano, no entanto, sua pena foi reduzida para oito ano e dez meses. Assim, o petista já cumpriu um sexto da pena e deve progredir para o regime mais branco, como a lei penal determina. O ex-presidente nega todas as acusações e se diz perseguido.