Lula no 'Jornal Nacional': discurso pacificador e treinamento para assuntos polêmicos estão entre estratégias para entrevista

Ricardo Stuckert
Ricardo Stuckert

O candidato Luiz Inácio Lula da Silva é o entrevistado desta quinta-feira (25) na sabatina com os presidenciáveis no "Jornal Nacional", da TV Globo. A série de entrevistas teve início há três dias com o presidente Jair Bolsonaro, que busca a reeleição.

De acordo com a colunista Bela Megale, do jornal O Globo, a entrevista no "Jornal Nacional" tem sido descrita como o espaço mais importante da corrida eleitoral pelos coordenadores da campanha de Lula. Por essa razão, o principal objetivo seria adotar um tom pacífico e afastar qualquer hipótese de que ele esteja em busca de uma vingança pelos acontecimentos dos últimos anos.

+ Veja fotos do casamento de Lula e Janja, em maio

Além disso, Lula, que tem entre o quadro de apoiadores a cantora Anitta, deve focar na economia e frisar os pontos considerados negativos do governo de Bolsonaro, como desemprego, inflação e aumento da fome. Ainda segundo a publicação, o candidato adotará um tom sem recortes de nicho e só acenará aos evangélicos, principal público do oponente, caso o assunto venha à tona.

LULA ESTÁ PREPARADO PARA TRATAR DE TEMAS POLÊMICOS NO 'JORNAL NACIONAL'

Ainda de acordo com a colunista Bela Megale, Lula realizou um treinamento com os advogados Cristiano Zanin e Valeska Martins para tratar de temas controversos, como a prisão e as...

Veja mais


Veja também

Lula no 'Jornal Nacional': entrevista com candidato à presidência repercute na web. Confira!
Cabelo volumoso e estilo retrô estão em alta entre trends de beleza
Concidência entre 'House of Cards' e depoimento de Lula agita web: 'Marketing'