Lula mantém vantagem sobre Bolsonaro em SP, MG e RJ, mostra Datafolha

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A disputa no chamado Triângulo das Bermudas da política nacional, a tríade São Paulo-Minas Gerais-Rio de Janeiro, foi estabilizada na nova pesquisa do Datafolha, uma semana após alguns movimentos terem sido detectados nos três maiores colégios eleitorais do país.

A mudança mais significativa havia ocorrido no Rio, onde Jair Bolsonaro (PL) havia empatado a disputa com Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Lá, seu candidato ao governo estadual, o governador Cláudio Castro (PL), mantém a liderança sobre o lulista Marcelo Freixo (PSB).

Agora, Lula oscilou positivamente de 40% para 42% dos votos válidos, enquanto Bolsonaro oscilou negativamente em um ponto, de 38% para 37%. Como a margem de erro específica entre os 1.500 fluminenses ouvidos é de três pontos para mais ou menos, seguem empatados tecnicamente, mas com uma mudança de tendência.

Já no maior colégio do país, São Paulo, o petista oscilou de 41% para 42%, enquanto o presidente foi de 34% para 35%. No estado, onde a o instituto ouviu 2.000 pessoas num levantamento com margem de erro de dois pontos, o candidato de Lula, Fernando Haddad (PT), lidera a disputa, com o bolsonarista Tarcísio de Freitas (Republicanos) agora isolado em segundo.

Minas Gerais, considerado o principal termômetro de humor do eleitorado dada sua composição múltipla, que refletem desigualdades regionais brasileiras, mostrou também estabilidade, o que é boa notícia para Lula.

O petista oscilou de 46% para 47%, e o presidente manteve 33% dos votos totais. Lá, o líder local é o governador Romeu Zema (Novo), mais próximo de Bolsonaro, e em segundo lugar vem Alexandre Kalil (PSD), apoiado pelo ex-presidente. Em Minas, o instituto ouviu 1.500 pessoas, com margem de três pontos.

Os estados estarão no centro do "sprint" final da campanha. Lula lidera a disputa geral com 50% dos votos válidos, que excluem nulos, brancos e indecisos, na fronteira que pode definir se haverá ou não segundo turno. Bolsonaro tem 36%, diz o Datafolha.

Esta pesquisa foi encomendada pela Folha de S.Paulo e pela TV Globo, e está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-09479/2022. O índice de confiança é de 95%.