Lula convidou Anitta, Ludmilla, Chico e Caetano para encerramento de campanha

*ARQUIVO* TABOAO DA SERRA, SP, 10.09.2022: PODER - POLÍTICA - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz comício ao lado de Geraldo Alckmin e Fernando Haddad em Taboão da Serra, São Paulo. Na foto, Lula durante comício. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
*ARQUIVO* TABOAO DA SERRA, SP, 10.09.2022: PODER - POLÍTICA - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz comício ao lado de Geraldo Alckmin e Fernando Haddad em Taboão da Serra, São Paulo. Na foto, Lula durante comício. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A equipe de Luiz Inácio Lula da Silva já definiu como e onde será o evento de encerramento da campanha do candidato petista à presidência do Brasil. No próximo dia 26 de setembro, a menos de uma semana do primeiro turno das eleições, Lula receberá artistas, intelectuais, atletas e apoiadores em geral em um evento festivo no Auditório Celso Furtado, no Anhembi, em São Paulo.

O ato, três dias antes do debate na Globo, será no formato de uma "superlive", com a concepção visual do carioca Batman Zavareze. Ele foi diretor de arte de shows de Marisa Monte, Tribalistas, Los Hermanos, e responsável pela cenografia da cerimônia de encerramento das Olimpíadas do Rio, em 2016.

Anitta, Ludmilla, Chico Buarque e Caetano Veloso estão entre os artistas que serão convidados a comparecer e terão o microfone aberto, caso atendam ao chamado.

Os contatos do partido com as atrações já começam a ser feitos, e em caso de problemas de agenda para a participação presencial, depoimentos serão colhidos e exibidos em telão -a ideia é facilitar o compartilhamento nas redes e gerar engajamento.

Único representante do piseiro (gênero que mistura forró com música eletrônica, influências de bregafunk, arrocha e sertanejo) no Rock in Rio, o pernambucano João Gomes, 20, é uma das atrações que a campanha de Lula tenta atrair para o evento, num aceno, principalmente, ao público jovem e nordestino.